Ciência, tecnologia e Comunicações

Congresso aprova nomes de novos integrantes do Conselho de Comunicação Social

O conselho é composto por membros da sociedade civil, representantes das empresas de rádio, televisão, imprensa e outros profissionais do setor

29/05/2024 - 16:35  

Mário Agra / Câmara dos Deputados
Sessão destinada à deliberação de vetos e eleição complementar do Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional. Presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco.
Sessão do Congresso Nacional

O Congresso Nacional aprovou nesta quarta-feira (29) os nomes de quatro novos membros titulares e cinco suplentes do Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional.

Foram aprovados como titulares:

  • Samir Nobre Maia, diretor-geral da Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel), para a vaga das empresas de televisão;
  • Rafael Menin Soriano, presidente da Associação Nacional dos Editores de Revistas (Aner), para a vaga das empresas de imprensa escrita;
  • Ana Flávia Cabral Souza Leite, vice-presidente executiva da Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB), para a vaga da categoria profissional dos artistas;
  • Angela Cignachi, do Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral (Ibrade), para a vaga de representante da sociedade civil.

Foram aprovados como membros suplentes:

  • João Camilo Júnior, chefe de Políticas Públicas e Assuntos Regulatórios do SBT, para a vaga das empresas de televisão;
  • Júlio César Vinha, secretário-executivo de Relações Governamentais da Associação Nacional de Jornais (ANJ), para a vaga das empresas de imprensa escrita;
  • Débora Duboc Garcia, atriz, para a vaga da categoria profissional dos artistas;
  • Marcus Vinícius Bennett Ferreira, da organização não-governamental Roda Educativa, para a vaga da sociedade civil;
  • Camila Leite Contri, coordenadora do Instituto de Defesa dos Consumidores (Idec), para a vaga da sociedade civil.

O Conselho
O Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional tem como atribuição a realização de estudos, pareceres, recomendações e outras solicitações que lhe forem encaminhadas pelo Congresso Nacional a respeito do tema da comunicação social no Brasil. O conselho é formado por nove membros titulares e mesmo número de suplentes.

Instituído pela Constituição de 1988, o conselho foi regulamentado em 1991 e é composto por membros da sociedade civil, representantes das empresas de rádio, televisão, imprensa escrita, engenheiros com notórios conhecimentos na área de comunicação social e representantes das categorias profissionais dos jornalistas, radialistas, artistas e profissionais de cinema e vídeo.

Reportagem - Tiago Miranda
Edição - Geórgia Moraes

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.