Saúde

Comissão da Câmara debate atendimento no SUS para pacientes com doenças no fígado

16/05/2024 - 08:40  

Marcelo Casal Jr./Agência Brasil
Saúde - Geral - SUS - Sistema Único de Saúde - atendimento em unidade de saúde - unidade de saúde
Faltam especialistas em hepatologia no SUS

A Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados discute nesta quinta-feira (16) a possibilidade de o Sistema Único de Saúde (SUS) ampliar a oferta de serviços em hepatologia. Essa especialidade trata de doenças que atingem o fígado, a vesícula biliar e as vias biliares.

A reunião será realizada no plenário 7, às 9h30.

O debate é uma iniciativa do deputado Jorge Solla (PT-BA). Ele afirma que a hepatologia é uma especialidade com enorme restrição de acesso no Brasil. "Em todo o País, são apenas 516 hepatologistas com Registro de Qualificação de Especialista (RQE) para atender a uma população de 215 milhões de habitantes", diz.

O parlamentar acrescenta que a falta de tratamento é um dos motivos para a alta mortalidade de pacientes de doença crônica do fígado. "Estima-se entre 25 mil e 50 mil mortes/ano por cirrose hepática, além de cerca de 2 mil indivíduos na fila de transplante", contabiliza.

Da Redação - MO

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.