Direitos Humanos

Proposta prevê treinamento de PMs e bombeiros para o atendimento a pessoas com deficiência

Texto será analisado por quatro comissões permanentes da Câmara dos Deputados

19/02/2024 - 20:20  

Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados
Discussão e votação de propostas. Dep. Amália Barros(PL - MT)
Amália Barros: objetivo é garantir o atendimento eficiente e humanizado desse público

O Projeto de Lei 68/24 torna obrigatórios, nos diferentes cursos de formação para os policiais militares e os bombeiros militares, o estudo e a prática de abordagens e atendimentos às pessoas com deficiência, com base nos direitos humanos.

O texto, em análise na Câmara dos Deputados, altera a Lei Orgânica Nacional das Polícias Militares e dos Corpos de Bombeiros Militares dos Estados, do Distrito Federal e dos Territórios. Prevê, ainda, campanhas educativas nas corporações.

“Essas medidas são essenciais para assegurar a proteção e a inclusão das pessoas com deficiência, garantindo que elas sejam atendidas de maneira eficiente e humanizada”, defendeu a autora da proposta, deputada Amália Barros (PL-MT).

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência; de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Da Reportagem/RM
Edição – Marcelo Oliveira

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 68/2024

Íntegra da proposta