Direitos Humanos

Projeto obriga advogado e preso a passarem por detector

23/07/2007 - 08:50  

O Projeto de Lei 458/07, do deputado Paulo Pimenta (PT-RS), estabelece regras para a entrevista reservada do preso com o seu advogado. Segundo a proposta, que muda a Lei de Execução Penal (7.210/84), o advogado deverá apresentar procuração descrevendo as relações jurídicas entre ele e o preso e passar por revista com detector de metal. O preso também passará por revista antes e depois do encontro, que será obrigatoriamente realizado em dependência exclusiva para esse fim. A lei atual prevê a entrevista pessoal e reservada, mas não determina restrições para essa reunião.

O objetivo da proposta, segundo o autor, é impedir a ação de maus profissionais que passam para os presos aparelhos celulares e outros itens proibidos. "O desvirtuamento da atuação do advogado já não permite que esse profissional seja considerado um cidadão acima de qualquer suspeita, como tem sido a tradição da carreira jurídica", afirma.

Tramitação
A matéria tramita apensada ao PL 291/03, que autoriza o Estado a gravar as conversas de presidiários perigosos com advogados, parentes ou amigos. Após exame da Comissão Constituição e Justiça e de Cidadania, o projeto será encaminhado ao Plenário.

Notícias anteriores:
Projeto prevê revista de advogado em presídio
Câmara aprova novas regras para interrogatórios de presos

Reportagem - Oscar Telles
Edição - João Pitella Junior

(Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura `Agência Câmara`)

Agência Câmara
Tel. (61) 3216.1851/3216.1852
Fax. (61) 3216.1856
E-mail:agencia@camara.gov.br

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta