Acompanhe

Plenário Sessão Deliberativa Extraordinária - 15/03/2016

Íntegra da sessão
Exibindo íntegra

Sessão Deliberativa Extraordinária - 15/03/2016

Áudio

Trechos por orador

FIM DA SESSÃO

Troca da mesa Presidente Beto Mansur por Participante Eduardo Cunha

Troca da mesa Presidente Eduardo Cunha por Participante Beto Mansur

Fim da Votação

Início da Votação

FASE DA SESSÃO: ORDEM DO DIA

Detalhes

Tema:
Sessão para a votação de propostas legislativas
Local:
Plenário da Câmara dos Deputados
Início:
15/03/2016 às 18h13
Término:
15/03/2016 às 21h00
Situação:
Encerrada (Final)

Propostas analisadas 1

  • MPV 698/2015 - Altera a Lei nº 11.977, de 7 de julho de 2009, para dispor sobre operações de financiamento habitacional com desconto ao beneficiário concedido pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS para aquisição de imóveis no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida construídos com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial - FAR.

    • Autor: do Poder Executivo

    Passo a Passo

    • 20
      Adiada a continuação da votação em face do encerramento da Sessão. DCD de 16/03/16 PÁG 126 COL 01.
    • 19
      Encaminharam a Votação: Dep. Chico Alencar (PSOL-RJ), Dep. Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), Dep. Caio Narcio (PSDB-MG), Dep. Orlando Silva (PCdoB-SP) e Dep. Fábio Sousa (PSDB-GO).
    • 18
      Votação preliminar em turno único.
    • 17
      Rejeitado o Requerimento.
    • 16
      Encaminharam a Votação: Dep. Enio Verri (PT-PR) e Dep. Nelson Marchezan Junior (PSDB-RS).
    • 15
      Votação do Requerimento do Dep. Daniel Coelho, na qualidade de Líder do PSDB, que solicita o adiamento da votação por duas sessões.
    • 14
      Discutiram a Matéria: Dep. Glauber Braga (PSOL-RJ) e Dep. Moroni Torgan (DEM-CE).
    • 13
      Encerrada a discussão.
    • 12
      Rejeitado o Recurso nº 2.
    • 11
      Em votação o Recurso nº 2 do Dep. Pauderney Avelino, Líder do DEM, contra a decisão do Presidente da Câmara dos Deputados que decidiu não receber destaques para votação em separado à Emenda de nº 6, por não guardar qualquer relação temática com a Medida Provisória nº 698 de 2015.
    • 10
      Rejeitado o Recurso nº 1.
    • 9
      Em votação o Recurso nº 1 do Dep. Pauderney Avelino, Líder do DEM, contra a decisão do Presidente da Câmara dos Deputados que decidiu não receber destaques para votação em separado à Emenda de nº 3, por não guardar qualquer relação temática com a Medida Provisória nº 698 de 2015.
    • 8
      *** O Sr. Presidente lê Decisão da Presidência em que comunica ao Plenário que a Medida Provisória nº 698 de 2015, recebeu 18 emendas parlamentares e que a Comissão Mista, no Parecer nº 3, de 2016, concluiu pela apresentação do Projeto de Lei de Conversão nº 3, de 2016. Na esteira do entendimento externado pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 5.127, ocorrido em 15 de outubro de 2015, e nos termos do art. 7°, II, da Lei Complementar nº 95, de 1998 e dos arts. 55, parágrafo único, e 125 do Regimento Interno da Câmara dos Deputados - RICD, deixa de receber destaques para votação em separado às Emendas de nºs 2, 3, 4, 5 e 6 , por não guardarem qualquer relação temática com a Medida Provisória nº 698 de 2015.
    • 7
      Rejeitado o Requerimento.
    • 6
      Encaminharam a Votação: Dep. Enio Verri (PT-PR) e Dep. Rogério Marinho (PSDB-RN).
    • 5
      Votação do Requerimento do Dep. Daniel Coelho, na qualidade de Líder do PSDB, que solicita a retirada de pauta desta Medida Provisória.
    • 4
      Rejeitado o Requerimento. Sim: 35; não: 225; abstenção: 3; total: 263.
    • 3
      Verificação da votação do requerimento, solicitada pelos Dep. Fernando Coelho Filho, Líder do PSB; e Enio Verri, na qualidade de Líder do PT, em razão do resultado proclamado pela Mesa: "Rejeitado o Requerimento", passando-se à sua votação pelo processo nominal.
    • 2
      Votação do Requerimento do Dep. Pauderney Avelino, Líder do DEM, que solicita votação nominal para o Requerimento que solicita a retirada de pauta desta Medida Provisória.
    • 1
      Discussão em turno único.

Propostas não analisadas 60