Visão Crítica

Publicação: 11/02/2005 - 00:00

Deputado Wasny de Roure (PT-DF ) 1º Bloco

O deputado comemorou a produção recorde no Brasil e na mesma toada, criticou a postura do Banco Central de manter e até mesmo elevar as atuais taxas de juros. De Roure também comentou e elogiou a forma madura encontrada pelo governo para deixar o FMI sem fechar a porta àquela instituição. Ele falou também sobre a negociação do governo envolvendo reforma tributária e unificação do ICMS, os esforços do governo para manter a cotação do dólar em alta e defendeu o patamar de R$ 3,00 para a moeda norte-americana. Wasny de Roure criticou a atual situação da sojicultura brasileira, a propósito do questionamento de subsídios dos EUA na OMC, se disse contra o imposto sindical, que segundo proposta do governo, deve ser extinto em três anos. Wasny elogiou o tratamento diferenciado dado às empresas aéreas pela nova Lei de Falências e lamentou o esfarelamento das estradas brasileiras e a falta de policiamento, considerado o assunto grave. A propósito da dívida deixada por Marta Suplicy na prefeitura de SP, ele disse que a Lei de Responsabilidade Fiscal é para todos e ressaltou a qualidade da gestão da prefeita. Finalmente, ele comentou as eleições para a Mesa da Câmara, e disse que a mídia está mentindo ao inventar um racha no PT entre outras coisas.

Visão Crítica

Análise de manchetes dos jornais.
Programa exibido entre 2002 e 2005.

Todas as Edições