Palavra Aberta

Rose Modesto quer aumentar pena por feminicídio

Os casos de feminicídio aumentaram em 76% no 1º trimestre deste ano, em São Paulo, capital, em comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com levantamento feito pelo site G1. Nos primeiros três meses do ano, 37 mulheres foram vítimas de feminicídio. Em 2018, foram 21. No Brasil inteiro, uma mulher é morta a cada duas horas. A deputada Rose Modesto, do PSDB do Mato Grosso do Sul, está coletando assinaturas para um projeto dela que aumenta a pena para quem cometer feminicídio. Atualmente, a pena vai de 12 a 30 anos de prisão. Pela proposta, ela passaria a ser de 20 a 30 anos, sem direito a progressão de regime, ou seja, proibindo que o condenado cumpra parte da pena em liberdade.

Conheça nossos termos de uso:

http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso

Siga-nos também nas redes sociais:

http://www.facebook.com/camaradeputados
http://www.twitter.com/camaradeputados

Conheça nossos canais de participação:

http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais

Apresentação - Mariana Monteiro

Palavra Aberta

O Palavra Aberta é o espaço em que o parlamentar expõe suas ideias, fala de propostas que tramitam no Congresso Nacional e presta contas de sua atuação como deputado. O programa dá uma ampla visão da diversidade de temas que são tratados no parlamento brasileiro. Este programa dispõe de legenda oculta, na versão exibida na TV Câmara.

Estreia: segunda a sexta, às 7h30 e às 7h45. Reprises: segunda às 12h30 e 12h45, terça a sábado às 13h30 e 13h45, segunda a quinta 20h e 20h15, sexta às 22h30 e 22h45 e domingo às 17h30 e 17h45.

Todas as Edições

Mais conteúdo sobre