TV Câmara

Participação Popular

Estreia: 15/05/2015

Epidemia de dengue

Mais de 740 mil brasileiros estão com dengue neste momento, segundo o Ministério da Saúde. É mais ou menos como se todos os habitantes de João Pessoa, capital da Paraíba, aparecessem com a doença.

A prevenção e o tratamento da dengue competem aos municípios, segundo as Leis brasileiras. Mas a maioria das prefeituras sequer notifica os casos.

No campo científico, várias pesquisas estudam como impedir a transmissão da dengue pelo mosquito e também o desenvolvimento de uma vacina que evite o contágio. Mas enquanto isso não vem, a população precisa mesmo ficar vulnerável a uma doença que já chegou a ser extinta no país nos anos 60? Esse é o tema do Participação Popular desta semana.

Os convidados do programa são o doutor em Marketing Social e professor do Instituto Legislativo Brasileiro, Paulo Ricardo dos Santos Meira; e o epidemiologista do Núcleo de Medicina Tropical da Faculdade de Medicina da UnB, Pedro Luiz Tauil. Por telefone, participam o deputado Luiz Lauro (PSB-SP), que defende que não é possível acabar com a crise da dengue sem resolver problema de abastecimento de água; e a diretora do departamento médico Sanofi Pasteur, Sheila Homsani, que fala sobre a vacina desenvolvida contra a dengue.

A equipe do Participação Popular registra também a opinião do público que passa pelo Conjunto Nacional Shopping, em Brasília, durante o programa.

Apresentação - Fabricio Rocha
Participação Popular

O que o cidadão comum acha dos temas que o Congresso discute? Um programa de TV reúne, todas as semanas, populares, políticos e especialistas que dão uma visão particular sobre o que movimenta os debates parlamentares. É o Participação Popular, apresentado pelo jornalista Fabricio Rocha, onde erro médico, drogas, trânsito, questões trabalhistas, sexualidade, enfim, tudo pode ser discutido. Este programa dispõe de legenda oculta, na versão exibida na TV Câmara.

Estreia: segunda, às 13h. Reprises: segunda, 22h; quarta, à 1h e às 21h30; sábado, às 16h; domingo, às 10h.

NOSSAS REDES

MAIS CONTEÚDO SOBRE