Palavra Aberta

Baixar

Estreia: 23/04/2014

Dep. Perpétua Almeida (PCdoB-AC) trata dos soldados da borracha

Soldados da borracha são os seringueiros recrutados na 2ª Guerra Mundial, a maioria de estados nordestinos, para produzir borracha natural na Amazônia e abastecer a indústria bélica norte-americana. O tempo passou, a guerra acabou e muitos deles terminaram vivendo de esmolas, depois de se dedicar durante anos a uma causa considerada estratégica no esforço de guerra do Brasil contra as tropas do Eixo. Há muito tempo os soldados da borracha vêm reivindicando uma indenização, mas é difícil aprovar qualquer medida que obrigue o governo a abrir mão de algum recurso.

Mesmo assim, um projeto neste sentido chegou a ser aprovado no Senado, mas os seringueiros não ficaram satisfeitos com ele. Além dos R$ 25 mil aprovados na Câmara, a pensão ia de dois salários-mínimos para R$ 3.789,00 por mês, só que o governo não bancou essa proposta.

O outro lado: o vice-presidente do Sindicato dos Soldados da Borracha de Rondônia, George Teles de Menezes, disse que os recursos arrecadados pelo sindicato são investidos na assessoria jurídica e apoio aos associados, que hoje chegam a 5800 soldados, de 55 mil nordestinos que foram para a região amazônica para produzir borracha numa grande operação para a Segunda Guerra Mundial. O sindicato quer que o governo indenize essas pessoas e equipare o benefício aos soldados das Forças Armadas.

Segundo Menezes, essa indenização poderia chegar a R$ 700 mil, mas o governo conseguiu aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição que prevê pagamento de R$ 25mil para cada um. Esta proposta ( PEC 61/13) já passou pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, e está à espera de promulgação.

A deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), que acompanha esse assunto, é a convidada deste Palavra Aberta.  


Palavra Aberta

O Palavra Aberta é o espaço em que o parlamentar expõe suas ideias, fala de propostas que tramitam no Congresso Nacional e presta contas de sua atuação como deputado. O programa dá uma ampla visão da diversidade de temas que são tratados no parlamento brasileiro. Este programa dispõe de legenda oculta, na versão exibida na TV Câmara.

Estreia: segunda a sexta, às 7h30 e às 7h45. Reprises: segunda às 12h30 e 12h45, terça a sábado às 13h30 e 13h45, segunda a quinta 20h e 20h15, sexta às 22h30 e 22h45 e domingo às 17h30 e 17h45.

facebook twitter youtube

Todas as Edições