Especial Direitos Humanos

Amapô

Através de uma história de vida o filme trata de questões relacionadas aos direitos humanos, como o direito à diferença. A vida da personagem é apresentada a partir de outros, a alteridade como lógica. Os espectadores completam os sentidos e aos poucos percebem que se trata de um homossexual que, ainda na adolescência, virou travesti. “Amapoa” é um termo que vem do Ioruba e transformou-se em uma gíria de travestis para falar de mulher. O filme traz um desfecho brutal, revelando que o personagem sofreu uma forte violência. Homofobia. A abordagem leva à identificação com a personagem e permite reflexões sobre a intolerância da sociedade atual.

Ficha Técnica

Direção: Kiko Goifman
Produção: Jurandir Muller
Direção de Produção: Claudia Priscilla e Cristina Alves
Produção de Set: Marcelo Caetano
Roteiro e Pesquisa: Claudia Priscilla e Marcelo Caetano
Diretor de Fotografia: Pedro Marques
Som Direto: Patrício Salgado
 

Especial Direitos Humanos

Documentários curtas-metragens realizados especialmente para o Marco Universal dos Direitos Humanos. As realidades ligadas à garantia, ou a falta, de Direitos Humanos no Brasil.