Memória Política

Clara Charf - a companheira de Marighella

Em 1946, uma jovem aeromoça de origem judaica filiou-se ao Partido Comunista, assumindo a tarefa de assessorar a bancada parlamentar do partido no Congresso Nacional. Conheceu, assim, o então deputado Carlos Marighella, que viria a se tornar um líder revolucionário e o maior inimigo da ditadura militar. Sua união com Marighellalevou-a à vida clandestina. Em 1969, o companheiro, responsável pela criação da primeira organização de luta armada contra o regime, foi morto por forças policiais. Ela exilou-se em Cuba, de onde só voltou em 1979, com a anistia. Concentrou-se na luta pelo resgate de mortos e desaparecidos do regime militar e no movimento de mulheres. E escreveu seu nome na história política do Brasil: Clara Charf.

Ficha Técnica

Direção, Edição e Texto: Ivan Santos
Entrevista: Tarcísio Holanda, Ana Maria Lopes e Ivan Santos
Edição de Imagens: Manoel Messias
Narração: Mônica Cardoso
Produção: André Laquintinie
Câmera: Cláudio Adriano
Iluminação: Francisco Nilton
Áudio: Emmanuel Bezerra

Sobre a série Memória Política

Documentários que resgatam fatos marcantes do passado do Brasil por meio de personagens que foram protagonistas dos acontecimentos. Inicialmente centrado nas memórias políticas, o programa ganhou abrangência ao incorporar outras questões fundamentais para a compreensão do Brasil contemporâneo. A cada novo episódio fragmentos de recordações pessoais servem como ponto de partida para a compreensão de histórias narradas nos livros de história.

Vinheta Memória Política
Depoimentos exclusivos de personagens da vida pública sobre fatos que marcaram a trajetória do País

Duração: 59 minutos

Memória Política

Entrevista com personalidade envolvida em fatos importantes da história recente

Mais conteúdo sobre