Rádio Câmara

Samba da Minha Terra

Emilinha Borba - 100 anos

Emilinha Borba - 100 anos

27/08/2023 - 12h00

  • Emilinha Borba - 100 anos - versão em bloco único

  • Emilinha Borba - 100 anos - Bloco 1

  • Emilinha Borba - 100 anos - Bloco 2

Samba da Minha Terra celebra o centenário do nascimento de Emilinha Borba, em 31 de agosto de 1923. Ela entrou na vida artística aos 14 anos de idade em plena Era do Rádio, na qual colecionou títulos de “Garota Grau 10”, “Favorita da Marinha” e “Eterna Rainha do Rádio” ao longo de 68 anos de carreira. O quadro “papo de samba” resgata a trajetória de Emilinha desde o nascimento no bairro da Mangueira, no Rio de Janeiro, até a saudável rivalidade com Marlene, outra diva da época. Mangueirense e botafoguense, ela passeou por samba, choro, marchinha carnavalesca, baião, bolero, rumba... ; atuou em vários filmes, sobretudo musicais e comédias; e lançou “trocentos” álbuns musicais, desde os velhos 78 RPM e vinis até os CDs da virada do século. Emilinha Borba viveu 82 anos, até nos deixar em 2005. Foto: Facebook

MÚSICAS

O samba nasce do coração (Alberto Paes e Carlinhos), com Emilinha Borba
Caramba, isto é samba (Taylor, Wyllie e Faissal), com Emilinha Borba
Xis 9, o samba impossível (Altamiro Carrilho e Miguel Gustavo), com Emilinha Borba
Pot-pourri de marchinhas: Chiquita bacana (João de Barro e Alberto Ribeiro), A água lava tudo (Paquito, Romeu Gentil e Jorge Gonçalves), Vai com jeito (João de Barro), Pó de mico (Nilo Viana, Dora Lopes, Renato Araújo e Arildo de Souza) e Marcha do remador (Antônio Almeida e Oldemar Magalhães), com Emilinha Borba
O x do problema (Noel Rosa), Emilinha Borba
Baião da Emilinha (Miguel Gustavo), com As Moreninhas e Luiz de Carvalho
Vizinho do 57 (René Bittencourt), com Emilinha Borba
Escandalosa (Ramon Novaes), com Emilinha Borba
Insensato coração (Antônio Maria e Paulo Soledade), com Emilinha Borba
Porta-bandeira (Roberto Martins), com Emilinha Borba
Canção de agosto (Peterpan), com Emilinha Borba
Fevereiro (João de Barro), com Emilinha Borba
Eu já vi tudo (Amadeu Veloso e Peterpan), com Emilinha Borba e Marlene
É a maior, Emilinha Borba (Nonô do Morro Azul, Almir Sant’Anna e Bira do Ponto), com Quinzinho e Caprichosos de Pilares-1980
Praça 11 (Herivelto Martins e Grande Otelo), com Emilinha Borba
Por que foi que eu voltei (João Roberto Kelly), com Emilinha Borba

TRECHOS
Não acredito (Bidu Reis), com As Moreninhas
Faça o mesmo (Nássara e Eratóstenes Frazão), com Emilinha Borba
O que é que a baiana tem? (Dorival Caymmi), com Carmen Miranda
Aí vem a Marinha (Lourival Faissal e Moacir Silva), com Emilinha Borba
Como eu sambei (Peterpan), com Emilinha Borba
Cantoras do rádio (Alberto Ribeiro, Josué de Barros e Lamartine Babo), com Emilinha Borba
História da minha vida (Mário Cavagnaro e Lourival Faissal), com Emilinha Borba
Brasil, fonte das artes (Djalma Costa, Eden Silva e Nilo Moreira), com Emilinha Borba (Salgueiro-1957)

Sonoplastia - Tony Ribeiro
Apresentação e pesquisa - José Carlos Oliveira

Acompanhe a riqueza poética e melódica do ritmo mais popular do Brasil. Quadros especiais destacam as letras mais requintadas, inovadoras ou significativas, as entrevistas históricas e os espaços dedicados ao samba em todo o país.

Domingo, às 12h, e quinta, à 0h

TODAS AS EDIÇÕES