Rádio Câmara

Reportagem Especial

Ensino Superior na Pandemia - Capítulo 2

03/08/2021 - 08h00

  • Ensino Superior na Pandemia - Capítulo 2

Capítulo 1
A pandemia do coronavírus obrigou universidades públicas e particulares a adaptarem suas rotinas. As principais dificuldades foram a falta de acesso ao uso da tecnologia, uma exigência na troca de atividades presenciais pelas remotas, além das consequências econômicas da crise sanitária, como perda de renda familiar e desemprego.

Capítulo 2
Por causa da pandemia, estudantes precisaram se adaptar às condições de isolamento social mantendo o acompanhamento de aulas e outras atividades para não perder o conteúdo. Eles reclamam do aumento da exposição às telas, da falta de interação e das alterações nos sistemas de avaliação e de aulas práticas. Os relatos são de que o desempenho acadêmico foi afetado.

Entrevistas neste Capítulo: Vitória Borges, aluna de Psicologia da PUC do Paraná; Tobias Fernandes, aluno de Relações Internacionais da Universidade Positivo; João Caingang, do curso de Biologia da Universidade Federal de São Carlos; Tainah Zogby, estudante de Odontologia da Universidade de Pernambuco.

Capítulo 3
Para manter as atividades acadêmicas funcionando, professores de universidades públicas e particulares tiveram que se reinventar. Entre os desafios apontados estão o esforço para tornar atraente uma aula online, a ampliação da jornada de trabalho, que agora se confunde com a vida doméstica, e os efeitos da crise econômica, que provocou demissões de docentes ou afetou a qualidade da atividade.

Capítulo 4
As apostas para o futuro das universidades no pós-pandemia incluem mais oferta de conteúdo online para os alunos e cursos com menor duração. Muitos apontam a manutenção do ensino híbrido em caráter mais permanente, até por questões de custos, no caso das faculdades privadas. Mas ninguém defende o ensino exclusivamente remoto a longo prazo.

Capítulo 5
O futuro das universidades públicas, segundo a comunidade acadêmica, depende da manutenção do orçamento, que tem sido vítima de cortes. Alunos e professores discutem que legado as adaptações feitas durante a pandemia podem deixar para o período posterior: aulas teóricas online e as práticas no sistema presencial são algumas das propostas. O uso da tecnologia vai estar na agenda permanente da educação.

A abordagem em profundidade de temas relacionados ao dia a dia da sociedade e do Congresso Nacional.

De segunda a sexta, às 3h, 7h40 - dentro do programa Painel Eletrônico - e 23h