Rádio Câmara

Reportagem Especial

Mercosul - Capítulo 4

10/06/2021 - 08h00

Capítulo 1
Em 26 de março de 1991, o Mercosul surgiu como o mercado comum entre Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Hoje, a Bolívia está em processo de adesão e o Chile é país associado. Os especialistas afirmam que o bloco foi um sucesso nos anos iniciais, triplicando o comércio na região. Trinta anos depois, o grupo enfrenta uma crise por divergências sobre as regras para negociações unilaterais com outros países e uma redução na tarifa de importação praticada pelo bloco.

Capítulo 2
Entre as conquistas do Mercosul até agora está, sem dúvida, a ampliação do comércio na região. Mas também uma intensa integração social, segundos os especialistas. O Estatuto da Cidadania do Mercosul, lançado recentemente, lista direitos e benefícios garantidos pelo bloco em matéria de circulação de pessoas, integração fronteiriça, trabalho e emprego, seguridade social, educação, defesa do consumidor e direitos políticos, entre outros.

Capítulo 3
Anunciado em 2020, uma das conquistas mais promissoras do bloco nos últimos tempos, o um acordo com a União Europeia agora tem que ser analisado pelos parlamentos dos países membros. Mas alguns países europeus manifestaram críticas quanto ao aumento do desmatamento na Amazônia e sugeriram que compromissos adicionais de preservação do meio ambiente fossem firmados para a conclusão dos contratos.

Capítulo 4
A posição de Brasil e Uruguai a favor de uma maior flexibilização dos países do bloco para firmarem acordos unilaterais com outras nações é uma das divergências existentes entre os países do bloco. Além disso, o Brasil já formalizou uma proposta de redução de 10% da Tarifa Externa Comum do bloco, que deve ser adotada pelos países na importação de fora do bloco. Essas são algumas das questões que geram preocupação sobre o futuro do Mercosul.
Entrevistas neste capítulo: presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou; presidente da Argentina, Alberto Fernández; ex-ministro das Relações Exteriores do Paraguai Eladio Loizaga; o ministro da Economia, Paulo Guedes; diretor do Departamento de Mercosul e Integração Regional (MRE), embaixador Michel Arslanian; subsecretário de Negociações Internacionais do Ministério da Economia, Alexandre Lobo.

Capítulo 5
Quais os cenários mais prováveis para o futuro do bloco? Especialistas recomendam que, apesar das rusgas recentes, os quatro países devem se acertar para atuarem como um bloco diante do mundo. Uma posição mais forte será necessária também para a participação em um eventual redesenho de instituições como o Conselho de Segurança da ONU.

A abordagem em profundidade de temas relacionados ao dia a dia da sociedade e do Congresso Nacional.

De segunda a sexta, às 3h, 7h40 - dentro do programa Painel Eletrônico - e 23h