Rádio Câmara

Trilha das Artes

Clovis Levi celebra 50 anos de teatro

Clovis Levi celebra 50 anos de teatro

03/10/2020 - 19h00

Com 50 anos de atuação nas artes cênicas, o diretor e dramaturgo carioca Clovis Levi, também encenador, crítico teatral, escritor, professor e jornalista, comenta a formação de atores, opina sobre a dramaturgia brasileira, incluindo a sua e a de Nelson Rodrigues; e fala do momento atual com o surgimento do chamado "webteatro", tudo isso ao som das suas sugestões musicais: Laurie Anderson (Oh, Superman); Chico Buarque (Construção) e Pink Floyd (Atom heart mother).

 

SOBRE O ARTISTA

Doutor/Livre Docente em Teatro pela Universidade do Rio de Janeiro, Brasil, com a tese “Nelson Rodrigues: a Nostalgia do Paraíso Perdido”, Clovis Levi é autor do livro trílingue “Teatro Brasileiro: um Panorama do Século XX”, editado pela Funarte. Professor de Interpretação e de Direção de Teatro em diversas escolas, atualmente leciona na Faculdade Cal de Arte e Cultura, do Rio de Janeiro. Como encenador e dramaturgo, atuou também em Portugal, com varias peças montadas.

Escreveu os musicais  “Na Era do Rádio”, “Nos tempos de Martins Pena” , “Ai,ai, Brasil!” e “De Getúlio a Getúlio – a história de um mito” (todas encenações de Sérgio Britto e, as duas últimas, em co-autoria com ele) ; e autor de “Se chovesse, vocês estragavam todos” (parceria com Tania Pacheco), encenada no Brasil, em Portugal, na Espanha, na Venezuela, Paraguai e Cuba. Em Portugal foi encenada a peça infantil de sua autoria “O Mel de Samarcanda”, em Coimbra ,  “Do Arco da Velha”, em Coimbra,  “A fantástica aventura do devasso que virou santo”, em Pombal, a adaptação de Galileu Galilei, de Brecht, para três atores, em Coimbra e Lisboa, a adaptação de Margarida/Kantor  em Coimbra, Lisboa e Porto e “Cahahahahabaret/Teatro de Variedades”, também  em Coimbra.

Como autor de televisão, escreveu vários episódios da série “O Bem Amado”  na Rede Globo; “DNA” (mini-série) na TVE do Rio de Janeiro; “Mandacaru” (novela - roteirista ) , na Rede Manchete; e “O Todo Poderoso” (novela) na Rede Bandeirantes, com José Saffioti.


Produção e Apresentação André Amaro

O programa mistura música, informação e opinião, além de trazer entrevistas com grandes artistas brasileiros.

Sábado, às 19h, e domingo, às 9h

MAIS CONTEÚDO SOBRE