Esquina do Jazz

Clássicos brasileiros segundo a Rio Jazz Orchestra

Estreia: 28/03/2020 - 22h00

  • Ouça o programa na íntegra

  • Clássicos brasileiros segundo a Rio Jazz Orchestra - Bloco 1

  • Clássicos brasileiros segundo a Rio Jazz Orchestra - Bloco 2

Divulgação
O maestro Marcos Szpilman em ação com a Rio Jazz Orchestra

Criada em 1973, a Rio Jazz Orchestra tem como filosofia de trabalho valorizar a execução da melhor música brasileira, em seu diferentes estilos, jazz, pop, fusion e música latina.  Mas o seu acervo de mais de 1.500 arranjos inclui também clássicos de Count Basie e Glenn Miller, e também de artistas com abordagens mais pop, como Quincy Jones e Henri Mancini. A maior big band brasileira é fruto da paixão do médico e maestro Marcos Szpilman que faleceu em 2011, aos 79 anos.

O programa apresenta o álbum Brasil Instrumental, de 1992, com versões para grandes canções brasileiras, assinadas por Noel Rosa, Luiz Gonzaga, João Donato, Ary Barrosso, Nelson Cavaquinho, Milton Nascimento e a dupla Tom Jobim e Vinicius.

MÚSICAS

1. Conversa De Botequim
Noel Rosa, Vadico

2. Asa Branca
Humberto Teixeira, Luiz Gonzaga

3. Amazonas
João Donato, Lysias Enio Oliveira

4. Na Baixa Do Sapateiro
Ary Barroso

5. Cancao Do Amanhecer
Antonio Carlos Jobim, Vinicius De Moraes

6. O Cantador/Canção do Sal
Dori Caymmi, Nelson Motta / Milton Nascimento

7. O Morro Nao Tem Vez
Antonio Carlos Jobim, Vinicius De Moraes

8. Folhas Secas
Guilherme de Brito, Nelson Cavaquinho

9. Insensatez
Antonio Carlos Jobim, Vinicius De Moraes

10. Garota De Ipanema
Antonio Carlos Jobim, Vinicius De Moraes

EXTRAS

11. As Time Goes By
H. Hupfeld
12. All of Me
J. Maras e S. Simons
13. Sweet na Lovely
Arnhein, Tobias e Lemare


Produção Caio Guedes

Apresentação André Amaro

Uma viagem pela história, pelos estilos e pelas personalidades do jazz, a forma mais universal da música negra

Sábado, às 22h, e quarta, à 0h

facebook twitter podcasts apple rss