A Música do Dia

Bicentenário da morte de Joaquim Silvério dos Reis

Estreia: 17/02/2019

  • Bicentenário da morte de Joaquim Silvério dos Reis

Em 1819 morreu Joaquim Silvério dos Reis, o principal delator da Inconfidência Mineira. Ele era coronel-comandante do Regimento de Cavalaria Auxiliar de Borda do Campo. Também era fazendeiro e tinha minas de ouro, atividade rica em Minas Gerais. Portugal passou a exigir altas taxas dos mineradores, entre as quais o quinto, ou seja, um quinto do total do ouro extraído das minas. O ouro taxado passou a receber um carimbo, o que permitia sua circulação. Um grupo de pessoas, como Claudio Manuel da Costa, Tomás Antonio Gonzaga, Alvarenga Peixoto e Joaquim José da Silva Xavier, mobilizou-se para a revolta. Joaquim Silvério dos Reis, informado sobre a revolta incipiente, escreveu uma carta ao governador de Minas Gerais, Visconde Barbacena, em que alertava a colonia sobre o movimento em Vila Rica, hoje Ouro Preto. Em troca, ele cobrou ouro, perdão das dívidas, nomeação para o cargo de tesoureiro das Minas, Goiás e Rio de Janeiro, pediu mansão e pensão vitalícia.

A Música do Dia é "Dupla Traição", do Djavan.

Produção e apresentação - Luiz Cláudio Canuto

O programa apresenta, diariamente, uma música para "ilustrar" um fato histórico ou curioso que ocorreu naquele dia ao longo da História.

Diariamente, em quatro horários: 1h, 6h50, 13h20 e 20h.

facebook twitter spotify podcasts apple rss

Todas as Edições