Rádio Câmara

Especial Eleições 2018

Jair Bolsonaro é eleito presidente da República com 55% dos votos

  • Jair Bolsonaro é eleito presidente da República com 55% dos votos

Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito presidente da República neste domingo com 55% dos votos válidos. Ele venceu o petista Fernando Haddad, que alcançou quase 45% dos votos válidos. Com 62 anos, o capitão reformado é atualmente deputado federal e vai ser o primeiro militar eleito pelo voto popular desde 1945, quando o general Dutra foi eleito.

Em seu discurso após a vitória, Bolsonaro afirmou que vai respeitar a Constituição:

"Liberdade é um princípio fundamental, liberdade de ir e vir, liberdade de empreender e liberdade política e religiosa, liberdade de informar e ter opinião, liberdade de fazer escolha e ser respeitado, este é o país de todos nós, brasileiros natos ou de coração. Brasil de diversas cores e opiniões. Como defensor da liberdade, vou guiar um governo que proteja os direitos do cidadão que cumpre o seu dever e respeita as leis, elas são para todos, porque assim será nosso governo: constitucional e democrático."

Fernando Haddad também discursou após a divulgação da vitória de Bolsonaro. Ele destacou a importância do papel da oposição na defesa da democracia e da liberdade:

"Entendemos a democracia não apenas do ponto de vista formal, embora seja muito importante lembrar no Brasil de hoje. São os direitos civis, os direitos políticos, são os direitos trabalhistas, são os direitos sociais que estão em jogo. Temos uma tarefa enorme que é em nome da democracia defender o pensamento e as liberdades desses 45 milhões de brasileiros que nos acompanharam até aqui."

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, em entrevista coletiva na noite deste domingo, fez um contundente discurso em defesa da democracia e da Constituição:

"Desejo aos candidatos eleitos Jair Bolsonaro e general Mourão os votos que atuem com a responsabilidade necessária para o desempenho da grave e elevada missão de presidir a nação brasileira. O presidente tem como o primeiro ato o de jurar a Constituição. Devem eles presidente e vice-presidente eleitos fidelidade à Constituição."

Dias Toffoli pediu serenidade e união ao presidente eleito e respeito às oposições. Ele também defendeu o trabalho da Justiça Eleitoral e, ainda, a segurança e integridade das urnas eletrônicas.

Reportagem - Luiz Gustavo Xavier

A Rádio Câmara realiza uma cobertura especial sobre as Eleições de 2018. No período que antecede a ida dos eleitores às urnas, acompanhe reportagens e entrevistas sobre o assunto. E no dia da votação, nossa equipe estará nas ruas e nos estúdios para levar ao ouvinte as últimas notícias sobre a eleição e a análise de especialistas sobre o resultado.

Diariamente, ao longo da programação

MAIS CONTEÚDO SOBRE