Rádio Câmara

Reportagem Especial

Astrologia - A prática da astrologia - Bloco 3 (06'37'')

  • Astrologia - A prática da astrologia - Bloco 3 (06'37'')

A prática da astrologia é muito mais ampla do que o horóscopo de jornal. Sendo céticos ou crédulos, muitas pessoas procuram esses profissionais, buscando aconselhamento ou por simples curiosidade.

A Central Nacional de Astrologia, estima que cerca de três mil pessoas atuem nesse mercado, em diferentes áreas. O presidente da Central, Maurice Jacoel, enfatiza que para evitar decepções, é importante pesquisar o currículo do profissional que será consultado.

"Uma coisa bem clara é conhecer um pouco a história, o currículo desse profissional, onde ele se formou, como ele vem trabalhando, há quanto tempo, se ele é uma pessoa conhecida no meio astrológico. Uma outra questão é fugir do astrólogo que vai querer adivinhar a sua vida. Astrologia não é adivinhação, ela é uma técnica, um saber".

A duração da consulta com um astrólogo oscila entre os profissionais, e os valores cobrados também são variados. Mas um atendimento de cerca de duas horas não costuma sair por menos de 200 reais. Maurice Jacoel explica como os astrólogos podem atuar nessas consultas.

"Nessa entrevista individual, você tem uma forma de abordagem que pode ser mais psicológica, isto é, pode aliar elementos do simbolismo astrológico com elementos da psicologia; você tem uma astrologia mais preditiva, que a pessoa se baseia mais em predições e acontecimentos futuros; você tem uma astrologia eletiva, que a pessoa vai escolher um horário, por exemplo um bom horário para você montar uma empresa, abrir um negócio, comprar um carro, assinar um contrato".

E durante o atendimento, o astrólogo detalha a configuração do mapa astral ou dos mapas de previsão do cliente. Cada planeta tem um significado, como podemos ouvir nos exemplos dados pela astróloga Vanessa Tuleski.

"A lua trata do emocional, das reações emocionais, da parte familiar, e daquilo que você necessita pra você. Mercúrio trata da sua maneira de se expressar, maneira de enxergar as coisas, é todo o seu plano mental. Vênus tem muito a ver com aquilo que te dá prazer, aquilo que você gosta, e com aquilo que você entende que devam ser as relações, e quais seriam os seus valores".

Para Vanessa Tuleski, o astrólogo deve orientar o cliente a como trabalhar as tendências e fases mais complicadas de modo positivo.

"Na minha opinião o papel do astrólogo é o de ser um bom tradutor, mas também é um papel muito criativo, porque ele vai tentar pensar em como utilizar melhor aquelas tendências, já que ele conhece os planetas e os aspectos. Então ele pode orientar o cliente melhor a como fazer um uso construtivo".

Mas existem outras aplicações dentro da astrologia. Há uma vertente que trabalha os fenômenos mundiais. Acontecimentos sociais, políticos e catástrofes naturais como os terremotos estão dentro dessa área de estudo.

O astrólogo Antônio Carlos Harres, conhecido como Bola, é especialista em astrologia mundial, e explica como as análises são feitas.

"Pra isso ela se baseia desde o próprio mapa natal dos presidentes ou dos líderes políticos ou de instituições, como o Papa, por exemplo, o Dalai Lama, para projetar o destino daquele grupo, segundo a concepção de que aquela pessoa durante aquele tempo que ele lidera, ele de alguma maneira reflete a tendências daquele grupo. Por exemplo, uma maneira de você fazer algumas previsões para o Brasil é através do mapa astral do presidente Lula".

As datas de fundação e independência de um país também são informações trabalhadas dentro da astrologia mundial.

Mudando de área, os astrólogos também podem trabalhar com orientação vocacional ou dentro de empresas. Outro segmento de atuação é na análise de mapas de crianças, como explica a astróloga Celisa Beranguer

"A gente faz muito mapa de criança, felizmente. Toda pessoa que faz o seu mapa, quanto tem filho ela vem fazer o mapa dos filhos e começa a se orientar em como educar essa criança, respeitando a sua própria natureza. Muitas vezes uma criança é muito diferente dos pais, e tem que respeitar, a astrologia mostra isso nitidamente.

Desenhar o mapa astral de crianças é algo corriqueiro na Ìndia. A astrologia praticada na Ìndia, a chamada astrologia védica, tem as suas particularidades. Lá a astronomia não se separou da astrologia, e o astrólogo usa dados astronômicos para desenhar os mapas. Isso faz com que os mapas da astrologia védica sejam completamente diferentes dos mapas calculados pela astrologia ocidental. Bernadeth Menezes, que trabalha nessa linha de astrologia, destaca que a Índia é um país que tem a astrologia como uma prática muito presente na vida das pessoas.

"Realmente o astrólogo na Índia é tão importante quanto o médico. Ele tem um papel oficial junto às famílias, tudo que que diz respeito às coisas importantes da família, como casamento, nascimento de um filho, assuntos de negócios, viagens".

A astrologia é um dos conhecimentos mais antigos que se tem notícia. O mundo foi passando por transformações, e o estudo dos astros também. Mas o que permanece sempre é a beleza de estar vivo, debaixo do céu e das estrelas.

De Brasília, Daniele Lessa

CHAMADA DE ENCERRAMENTO: NESTA SEMANA VOCÊ ACOMPANHOU UMA SÉRIE ESPECIAL SOBRE A ASTROLOGIA. TODAS AS REPORTAGENS ESTÃO DISPONÍVEIS NA PÁGINA DA RÁDIO CÂMARA NA INTERNET, O ENDEREÇO É WWW.RADIO.CAMARA.GOV.BR. E ESPERAMOS SEU COMENTÁRIO, CRÍTICA OU SUGESTÃO, MANDE SEU E-MAIL PARA ESPECIAL.RADIO@CAMARA.GOV.BR OU TELEFONE PARA A CÂMARA, NO NÚMERO 0800-619619. ESTA SÉRIE TEVE PRODUÇÃO DE LUCÉLIA CRISTINA E EDIÇÃO DE LUIZ CLAUDIO CANUTO. NA PRÓXIMA SEMANA, VOCÊ ACOMPANHA UMA SÉRIE ESPECIAL SOBRE TRABALHO HUMANITÁRIO. ATÉ LÁ!

A abordagem em profundidade de temas relacionados ao dia a dia da sociedade e do Congresso Nacional.

De segunda a sexta, às 3h, 7h40 - dentro do programa Painel Eletrônico - e 23h

facebook twitter spotify podcasts apple rss

Todas as Edições