Rádio Câmara

Reportagem Especial

Dia Nacional da Voz - Fonoaudiológos realizam campanha sobre importância da voz - ( 03' 18" )

  • Dia Nacional da Voz - Fonoaudiológos realizam campanha sobre importância da voz - ( 03' 18" )

Na pressa do dia a dia, são poucas as pessoas que prestam atenção na importância da voz. Para lembrar que uma voz saudável também melhora a qualidade de vida é que 16 de abril foi escolhido o Dia Nacional da Voz.

Em Brasília, este fim de semana, equipes de fonoaudiólogos vão estar no Parque da Cidade, de 8 da manhã às quatro da tarde. Os profissionais promovem a campanha Seja Amigo da Sua Voz e vão organizar oficinas, distribuir folhetos explicativos e fazer triagens vocais.

Antes de dar dicas para se ter uma voz saudável, a fonoaudióloga Jane Quintanilha lembra que o Brasil ocupa o segundo lugar no ranking de câncer de laringe. Os grandes vilões são o cigarro e o álcool. Associado ao fumo, o consumo de bebidas alcoólicas triplica as chances de adquirir a doença. Jane recomenda muita água e alimentação saudável.

"Para pensar em uma voz saudável, temos sempre que pensar em beber muita água, porque a água hidrata e vai traduzir numa boa voz. Lembrar também do refluxo gastricoesofágico, a azia. Ele é um fator ruim para a voz. Entre outras coisas, uma alimentação saudável, além disso alergias são fatores ruins para a voz."

Com 60 anos de profissão, Cid Moreira é dono de uma das vozes mais conhecidas do Brasil. Para o apresentador, uma voz segura e sonora é conseqüência de um estado de equilíbrio.

"Eu usei sal marinho, cravo da Índia, gengibre, tudo para clarear a voz. Mas o que realmente me deu segurança e hoje eu tenho assim um domínio muito maior da voz do que há 40, 50 anos atrás, é a bíblia. Eu venho me dedicando ao estudo da bíblia, estou gravando a bíblia na íntegra e isso tem me dado, assim, uma segurança incrível."

Os profissionais que mais sofrem com problemas vocais são os professores. Cantores, atores, religiosos e todos que utilizam a voz por períodos prolongados também devem ter cuidado.

Foi pensando nas crianças com problemas na fala e na audição que o deputado Ricardo Izar, do PTB de São Paulo, apresentou um projeto que obriga a presença de um fonoaudiólogo em todas as escolas públicas e privadas de ensino fundamental.

"Eu apresentei este projeto por solicitação de diversas famílias que têm filhos nas escolas com problemas auditivos. Esse déficit na audição dificulta muito o conhecimento, o crescimento do aluno na escola.
Algumas cidades como São Paulo, em algumas escolas tem o fonoaudiólogo, o professor especializado no assunto."

Para virar lei, o projeto vai passar pelas comissões de Educação e de Constituição e Justiça. Depois segue para o Senado.

De Brasília, Idhelene Macedo

A abordagem em profundidade de temas relacionados ao dia a dia da sociedade e do Congresso Nacional.

De segunda a sexta, às 3h, 7h20 e 23h