Rádio Câmara

Salão Verde

Colapso climático sob a visão da ciência

Colapso climático sob a visão da ciência

18/03/2024 - 12h00

  • Colapso climático sob a visão da ciência

Salão Verde escancara o quadro de “colapso climático” do planeta sob a visão da ciência. Em reunião da Comissão Especial de Prevenção e Auxílio a Desastres Naturais da Câmara dos Deputados, cientistas compararam o atual acúmulo de gases do efeito estufa na atmosfera à energia de bombas atômicas que já determinam mudanças nos padrões físicos da Terra. Sucessivos recordes de temperatura do ar e da superfície do mar antecipam projeções de “futuro catastrófico”, sobretudo diante do fracasso de acordos internacionais de redução das emissões de gases do aquecimento global. O ano de 2024 segue em rota de superação de 2023, apontado como o mais quente em 100 mil anos e marcado por enchentes, secas, ondas de calor e vendavais históricos. Os cientistas também repetem apelos urgentes por soluções já conhecidas há várias décadas, como descarbonização de setores econômicos poluentes e reflorestamento. Parlamentares falam de reforço orçamentário em prevenção e mitigação das mudanças climáticas.

Pontos de vista nesta edição: Luciana Gatti, química e coordenadora do Laboratório de Gases do Efeito Estufa do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (LaGEE/INPE); Alexandre Araújo Costa, físico, doutor em ciências atmosféricas e professor da Universidade Estadual do Ceará; Márcio Astrini, secretário-executivo do Observatório do Clima; e deputados Bohn Gass (PT-RS), Gilson Daniel (Podemos-ES), Silvia Waiãpi (PL-AP) e Tarcísio Motta (Psol-RJ).

Produção - Lucélia Cristina
Edição e apresentação - José Carlos Oliveira

Semanalmente, o programa traz conteúdo variado de entrevistas, matérias especiais e debates que aprofundam temas sobre a sustentabilidade no Brasil e no mundo. Quadros especiais destacam dicas para um meio ambiente equilibrado e novidades científicas sobre a dinâmica do planeta e da natureza.

Em 4 horários: segunda, 12h e 22h45; terça, 6h; e sexta, 12h.