Rádio Câmara

Painel Eletrônico

Dep. Domingos Neto: Candidaturas individuais não contribuem para o fortalecimento dos partidos

23/06/2021 -

Na visão do deputado Domingos Neto (PSD-CE) a tentativa de incluir a possibilidade de candidaturas avulsas no sistema eleitoral brasileiro vai contra o objetivo da reforma política efetivada em 2017, que definiu entre outros pontos o fim das coligações nas eleições proporcionais, ou seja, para vereadores e deputados, e a chamada cláusula de barreira, que restringe o funcionamento de partidos que não obtiverem um número mínimo de votos, de forma escalonada, em cada eleição a partir de 2018.

O parlamentar explica que o conceito da reforma é estabelecer o protagonismo dos partidos nas relações institucionais da democracia, para que os eleitores conheçam e busquem uma legenda partidária com a qual se identifiquem. Domingos Neto, aliás, lembra que em audiência pública rednete sobre o tema a oposição às candidaturas avulsas foi consensual entre os partidos.

O congressista acredita também que a reforma de 2017, ao sinalizar para a necessidade de fusão e incorporação partidária, começa a promover a necessidade de discussão e reconstrução da democracia interna dos partidos, para representar de fato as visões políticas, mesmo dentro de um mesmo campo ideológico, que estarão agregadas sob uma mesma sigla.

Apresentação – Marcio Achilles Sardi

Programa ao vivo com reportagens, entrevistas sobre temas relacionados à Câmara dos Deputados, e o que vai ser destaque durante a semana.

De segunda a sexta, às 8h, ao vivo