Rádio Câmara

Trilha das Artes

Indianara: o documentário brasileiro aplaudido em Cannes

Indianara: o documentário brasileiro aplaudido em Cannes

Estreia: 11/07/2020 - 19h00

  • Indianara: o documentário brasileiro aplaudido em Cannes (íntegra)

Ao som de suas sugestões musicais, os realizadores Aude Chevalier-Beaumel e Marcelo Barbosa comentam o documentário Indianara, que retrata a vida da ativista Indianara Siqueira e a sua luta em defesa das pessoas LGBTI. Destaque em Cannes, o filme estreou nas plataformas digitais no Brasil e em 195 países no mês passado, mês do “Orgulho LGBT”. Este é o quarto filme de Aude Chevalier-Beaumel, uma francesa radicada há muitos anos no Brasil, e o primeiro longa de Marcelo Barbosa, um brasiliense que vem dirigindo trabalhos experimentais no cinema.

“”Puta, anticapitalista e vegana”, como ela mesma se define, Indianara fundou no centro histórico do Rio de Janeiro a Casa Nem, um abrigo destinado à comunidade LGBTs em situação de vulnerabilidade. No filme, Indianara está prestes a completar 50 anos e, às vésperas de se casar, vislumbra abandonar a luta política das ruas. Mas, diante do avanço do totalitarismo no Brasil e da perda da companheira de luta, Marielle Franco, que pela primeira vez aparece nas telas do cinema como personagem, ela busca forças para enfrentar um último ato de resistência.

“Para fazer este filme, tivemos que entrar para o bando de Indianara
e, de certo modo, nos transformar. Em nenhum momento
pensamos em fazer um filme imparcial”, comenta Aude Chevalier-
Beaumel. “Desde o início, o desejo era que o filme fosse nossa resposta a tudo de
sombrio que vivemos nesses tempos. Daí a importância de ser
mostrado agora para um grande público, no momento em que nossas
posições estão sendo todas escancaradas”, explica Marcelo Barbosa.

Ao mergulhar em sua intimidade e nos embates cotidianos com o
marido “macho alfa”, o documentário entrelaça a busca incansável de
Indianara por novas formas de relacionamento e de se fazer política
com a própria história do País. Momentos cruciais do nosso tempo
foram capturados: o “Fora Temer”, a prisão de Lula e a eleição de Jair
Bolsonaro são alguns dos palcos de luta de Indianara.

Músicas: 1. Indianara (Lucas Porto, executada por Gretel Paganini e Lise Bastos) | 2. Velhice na Porta Bandeira (Eduardo Gudin e Paulo Cesar Pinheiro, na voz de Beth Carvalho) | 3. Katitinha (Ave Terena e outros, por Verônica Valentino) | 4. Os Passistas (Caetano Veloso)


Produção Caio Guedes

Apresentação e Reportagem André Amaro

Trilha das Artes
O programa mistura música, informação e opinião, além de trazer entrevistas com grandes artistas brasileiros.

Sábado, às 19h, e domingo, às 9h

facebook twitter podcasts apple rss

Todas as Edições