Conheça a realidade sindical em outros países

02/03/2005 - 14:00  

Na Itália, vigora um modelo sindical fundado em negociações articuladas. As entidades sindicais de abrangência nacional negociam normas gerais, aplicáveis às relações de trabalho em todo o país. Em seguida, normas mais específicas, de âmbito regional, são negociadas pelas entidades de instância regional. Por fim, as normas locais definem-se por negociações com sindicatos locais.
Já nos Estados Unidos, os sindicatos funcionam como se fossem escritórios de advocacia. Os trabalhadores de cada empresa ou grupo de empresas escolhem o sindicato que vai representá-los nas negociações e ficam obrigados a pagar-lhe uma taxa negocial.
Na União Européia, os sindicatos vinculam-se a partidos políticos. O trabalhador filia-se ao sindicato com que tem afinidade ideológica. Na hora da negociação, muitos sindicatos participam e precisam respeitar o princípio da boa-fé.

Reportagem - Edvaldo Fernandes
Edição - Patricia Roedel

(Reprodução autorizada mediante citação da Agência)

Agência Câmara
Tel. (61) 216.1851/216.1852
Fax. (61) 216.1856
E-mail:agencia@camara.gov.br
A Agência também utiliza material jornalístico produzido pela Rádio, Jornal e TV Câmara.

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.