Enquete do PL 3081/2022

Resultado

Resultado parcial desde 23/12/2022

Opção Participações Percentual
Concordo totalmente 2.360 2%
Concordo na maior parte 477 0%
Estou indeciso 81 0%
Discordo na maior parte 1.481 1%
Discordo totalmente 124.349 97%

O que foi dito

Pontos mais populares

Hoje temos que falar o óbvio, sem regulamentação da engenharia no país vamos entrar em uma decadência total. Nós devíamos regulamentar a profissão de políticos que não tem o mínimo de conhecimento científico. Como podemos deixar pessoas quase nenhum conhecimento nos liderar ? Essa é a verdadeira questão aqui.

Davi Krasis 27/12/2022
3699

Como a função política não precisa de qualificação, o deputado pensa que todas as profissões se exercem da mesma forma! Psicologia sem regulamentação não traz risco à saúde e à sociedade??? Oi????

Antonia Rita Bonardo 28/12/2022
3190

Todos os pontos levantados pelos usuários

Exibindo resultados 1 a 10 de 12827 encontrados.

Baixar
  • Ponto positivo: Concordo que algumas profissões poderiam ser exercidas sem necessidade de um diploma superior, até pq com o aumento de “faculdadezinhas” vagabundas que só visam encher os bolsos sem nenhuma preocupação na qualidade do ensino, hoje em dia ter um diploma, não significa nada. Mas algumas profissões listas aqui, não fazem o menos sentido serem desregulamentada, pelo contrário, deveriam sim ter um tipo de exame de ordem, além do diploma para poder exercer a profissão.

    ERIKA AKEMI THINEN 20/02/2024
    0
  • Ponto negativo: Esse projeto de lei mostra que o autor não faz a menor ideia do que é a realidade das profissões das quais ele pretende tirar a regulamentação. Entendo que a bolha em que os políticos em geral vivem, mais afasta do que aproxima dos anseios do povo trabalhador, que estuda e paga impostos. Mas esse projeto leva a um afastamento da realidade que eu jamais vi em toda minha vida profissional.

    Gabriel Batalha 14/12/2023
    1
  • Ponto negativo: Como um Cidadão desse se diz político. A profissão regulamentada, o profissional já não é valorizado, imagina quando não for aí sim vamos ver prédios caindo com uma frequência como nunca antes, pq não foi um engenheiro que fez os cálculos. Pessoas sendo contaminadas, por que comeu uma carne que não foi inspecionada por um Vet. Pessoas com problemas psicológicos sendo atendidas por gente sem qualificação. Devíamos regulamentar a profissão de político, pra quem entrar lá saber o mínimo do básico

    Priscila Oliveira 01/12/2023
    2
  • Ponto negativo: Esse projeto precisa ser arquivado o mais rápido possível. Não precisa de justificativa para o óbvio. Um médico veterinário estuda anos para garantir a saúde de pessoas e de animais! Jamais deveria de estar nesta lista.

    Camila Daidone Nogueira 30/11/2023
    4
  • Ponto negativo: Como assim médico veterinário não precisa de diploma? Então quer dizer que é uma profissão que não oferece risco? Claro! Não precisa estudar para diagnosticar uma zoonose. Vão saber o que fazer e como fazer. Fico imaginando o caos. Quem vai fiscalizar empresas de origem de produto animal para que seja garantida a saúde das pessoas? Quando um cachorro sofrer um acidente, quem fará a cirurgia? Pelo amor de Deus! Isso é o maior absurdo que poderia vir de um político! Vcs precisam estudar!!

    Camila Daidone Nogueira 30/11/2023
    2
  • Ponto positivo: Precisamos urgentemente de uma reforma politica, o mercado de trabalho está cada vez mais concorrido, exige se anos de estudos, qualificações, experiência. Enquanto políticos não precisam de estudo nenhum para criar leis, gerir nosso dinheiro, recebendo salários altíssimos fora as regalias. Políticos devem trabalhar para o povo e não o contrario! querem segurança, saúde e educação devem usufruir dos mesmos oferecidos a população, quero ver se os serviços públicos não mudam dessa forma.

    LUIZ FELIPE MARTINS BATISTA 16/10/2023
    2
  • Ponto negativo: Por que não abrem votação publica, para votar seus salários e regalias, por que não usam os serviços públicos como todo o cidadão? Querem a cada dia criar mais leis e impostos dificultando a vida do trabalhador, e leis a favor da população para diminuir seus benefícios e regalias não são votadas? Se o país está em situação complicada e precisa cortar gastos, comecemos pelos politicos.

    LUIZ FELIPE MARTINS BATISTA 16/10/2023
    3
  • Ponto positivo: Precisamos urgentemente de uma Lei que torne obrigatória a qualificação dos individuos que desejam exercer a função política, com comprovação de sua qualificação através de prova de aptidão profissional e avaliação psicológica, para no futuro desenvolverem Leis que realmente sejam úteis a sociedade. Pois afirmar, por exemplo, que desregulamentar profissões como médico veterinário, psicólogo, dentre outras, não oferecem risco a saúde é um ateste de ignorância.

    Assinante 13/09/2023
    7
  • Ponto positivo: O ponto positivo, por consequência, é a desobrigatoriedade de pagar a anuidade aos Conselhos de Classe. Entretanto, o correto seria o englobamento conjunto dos Conselhos pelos Ministério da Educação e do Trabalho (etc), e tornar facultativo a anuidade para aqueles profissionais que não estão atuando por falta de oportunidade profissional.

    Jones Tiago Sousa da Silva 01/09/2023
    0
  • Ponto positivo: Como pode comparar um agente que presta serviço pra saúde com iluminação leiloeiro, pelo amor neh.. falta do que fazer esses deputados.

    oliveira oliveira 10/08/2023
    2
vote nesta enquete

Enquetes populares nesta semana

  1. PEC 14/2021

    Altera o art. 198 da Constituição Federal para estabelecer o Sistema de Proteção Social e Valorização dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, a aposentadoria especial e exclusiva, e fixar a responsabilidade do gestor local do SUS pela regularidade do vínculo empregatício desses profissionais.

  2. PL 2283/2021

    O Projeto de Lei 2283/21 estabelece procedimentos para avaliação de imóveis destinados a órgãos e entidades da administração pública federal no âmbito dos três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) e do Ministério Público, inclusive de empresas estatais ou sociedades de economia mista. Conforme o texto em análise na Câmara dos Deputados, as avaliações de bens imóveis serão resultado de análise técnica para identificar valores, custos ou indicadores de viabilidade econômica para determinados objetivos, finalidades e datas. O laudo deverá ser subscrito por engenheiro, arquiteto ou agrônomo. Os procedimentos para a realização do laudo de avaliação de imóveis serão: - análise da documentação disponível; - vistoria obrigatória, salvo exceções justificadas por escrito; - coleta e tratamento de dados; - diagnóstico de mercado; - escolha da metodologia; e - apresentação de resultado da avaliação. “Atualmente, não há nenhuma lei que regule os procedimentos para a avaliação desses imóveis”, afirmou o autor da proposta, deputado Fausto Pinato (PP-SP). “A vistoria é fundamental na apuração do correto valor, já que poderá constatar problemas estruturais e de acabamento ou mesmo irregularidades evidentes.” Tramitação O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

  3. PL 3949/2023

    Altera a Lei no 7.498, de 25 de junho de 1986, para estabelecer novas regras para a prescrição de medicamentos por enfermeiros autônomos em exercício em consultório ou clínica de enfermagem, bem como penalidades para o descumprimento da norma.

  4. REQ 201/2023 CE

    Requer a realização de Audiência Pública no âmbito da Comissão de Educação para discutir o Projeto de Lei nº. 2304/2019.

  5. PDL 6/2024

    Susta os efeitosdo inciso I do art. 38 do Decreto nº 11.615, de 21 de julho de 2023, que regulamenta a Lei nº 10.826, de 22 de dezembro de 2003,para excluir exigência de distanciamento de entidades de tiro desportivo em relação a estabelecimentos de ensino no País.

  6. PL 5405/2023

    Esta Lei altera o artigo 108 da Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002 (Código Civil), para dinamizar os contratos imobiliários.