Participação Popular

Baixar

Cerrado ameaçado

Savana com maior biodiversidade do planeta, “berço das águas”! Não faltam adjetivos para o Cerrado brasileiro. Ele abriga milhares de espécies de plantas, pássaros, répteis, mamíferos, anfíbios e fornece águas para as três maiores bacias hidrográficas da América do Sul - São Francisco, Tocantins-Araguaia e Paraná. Sua área se estende por mais de 2 milhões de quilômetros quadrados, em pelo menos oito estados do Brasil Central.

Apesar de sua importância para o meio ambiente, o Cerrado está ameaçado. Desde o início da ocupação da região central do Brasil não é atribuída nenhuma importância a ele. A presença de gramíneas, seus galhos e árvores retorcidos e de pequeno porte levou o homem a acreditar de forma equivocada que essa é uma vegetação pobre, mas o Cerrado é uma floresta de cabeça para baixo, com raízes profundas. O índice de desmatamento na região é maior do que o da floresta amazônica e usada em larga escala para a agropecuária brasileira: gado, soja e eucaliptos, além de grandes queimadas, obras de infraestrutura e pouca proteção legal e iniciativas de conservação limitadas.

A destruição do Cerrado afeta rios e nascentes, que se enchem de sedimentos e secam, contribui para o aumento do aquecimento global e a extinção de espécies únicas no planeta como a ararinha azul, o tamanduá-bandeira, a onça pintada e o lobo-guará.

O nosso programa vai discutir o que pode e o que está sendo feito para reverter esse quadro de destruição do Cerrado brasileiro.

Durante o horário eleitoral o programa vai ao ar, ao vivo, das 12h às 13h.

Convidados:

- Raul Xavier de Oliveira - coordenador-geral de combate ao desmatamento, degradação e queimadas do Ministério do Meio Ambiente (MMA);
- Juliana Napolitano - engenheira agrônoma, assessora técnica do Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN);
- Nelson Ananias - coordenador de sustentabilidade da Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA);
- Por telefone - deputado federal Augusto Carvalho (SD-DF).

Perguntas, críticas e sugestões: 0800 619 619, e-mail participacaopopular@camara.leg.br, Twitter @participacaopop e WhatsApp (61) 99620-2573.

Siga-nos também no YouTube e em outras redes sociais:

http://www.facebook.com/camaradeputados
http://www.twitter.com/camaradeputados

Apresentação - Fabricio Rocha

Participação Popular

O que o cidadão comum acha dos temas que o Congresso discute? Nesse programa, populares, políticos e especialistas dão a sua visão do que movimenta os debates parlamentares. Mande sua pergunta ou opinião para o 0800 619 619, o email participacaopopular@camara.leg.br ou pelo Twitter @participacaopop

Estreia: segunda, às 13h. Reprises: segunda, 22h; quarta, à 1h e às 21h30; sábado, às 16h; domingo, às 10h.

facebook twitter youtube whatsapp