Câmara Debate

Parlamentares analisam situação do Rio a menos de dois meses para Olimpíadas

A menos de dois meses para o início dos jogos olímpicos do Rio de Janeiro, o Estado decretou calamidade pública em decorrência de sua crise financeira.

Dessa forma, o governador interino Francisco Dornelles, quer receber socorro de R$ 3 bilhões sem precisar se submeter às regras do Ministério da Fazenda. A justificativa é que o Estado tem de honrar compromissos assumidos em decorrência dos jogos.

A decisão de decretar calamidade pública vem depois de meses em que o Estado enfrenta paralisações na saúde, dificuldade em contratar empréstimos para poder tocar as obras do metrô e para pagar o funcionalismo.

A crise do Rio é só mais um fato na crise que os estados brasileiros enfrentam para fechar suas contas.

O governo Federal e os estados fecharam um acordo para recomeçar o pagamento em 2017. Minas, São Paulo e Rio continuam negociando. Será que resolve?

O Câmara Debate convidou os deputados Paulo Foletto (PSB-ES) e Alexandre Serfiotes (PMDB-RJ) para discutir as saídas para essa situação de crise.

Apresentação - Vania Alves

Câmara Debate

Todos os assuntos em discussão na Câmara dos Deputados são pauta para o Câmara Debate. Durante meia hora, dois deputados, preferencialmente com pontos de vista distintos, discutem os grandes temas que movimentam os trabalhos no Legislativo. O Câmara Debate trata em detalhes dos temas das audiências públicas nas comissões permanentes e temporárias, dos trabalhos das comissões parlamentares de inquérito e das votações em plenário.

De segunda a sexta, às 23h. Reprises: segunda a sexta, às 8h e às 20h30; e também de segunda a domingo, às 6h.

Todas as Edições

Mais conteúdo sobre