Jornal da Câmara

Baixar

Jornal da Câmara - 14/04/2016

O primeiro secretário da Câmara, Beto Mansur, anunciou a nova interpretação sobre a ordem de votação. Vai começar por um estado da região norte e em alternância será chamado outro da região sul. Depois, outro do sul e outro do norte – e assim sucessivamente. E a ordem segue o que está no painel de votações, que usa como critério a sequencia geográfica das capitais. Mas um julgamento no Supremo Tribunal Federal ainda pode mudar a ordem de chamada para votação.

No fim de semana em que o impeachment será votado aqui na Câmara, centenas de milhares de pessoas virão até a esplanada dos ministérios para se manifestar contra ou a favor da saída da presidente Dilma Roussef. Aqui em Brasília, alguns acampamentos foram montados pras pessoas que vieram de outros estados.

Entre os deputados que tomaram posse no ano passado, 50 deles têm menos de 35 anos de idade. Todos eram crianças na época do impeachment do ex-presidente Fernando Collor. E agora o voto desses jovens deputados pode ser decisivo no processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff.

Por outro lado, alguns deputados que devem votar o pedido de impeachment da presidente Dilma Roussef no domingo também participaram do processo de impedimento do ex-presidente Fernando Collor.

Parlamentares pró e contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff se movimentaram hoje na Câmara para defender suas ideias e tentar reunir mais apoiadores.

O deputado Marcos Rogério, relator do caso de quebra de decoro parlamentar contra o presidente da Câmara no Conselho de Ética, não aceitou o pedido da defesa para suspender a oitiva de testemunhas de acusação. Marcos Rogério citou artigos do Código Penal para justificar a decisão.

Apresentação — Paula Bittar

Jornal da Câmara

Telejornal com as principais notícias do Legislativo. Além das tradicionais reportagens, o Jornal da Câmara realiza, diariamente, debates, ao vivo, sobre os grandes temas do dia. Repórteres que acompanham os bastidores do Legislativo trazem as informações mais quentes e entrevistam seus convidados - parlamentares, especialistas e representantes da sociedade civil.

De segunda a quinta, ao vivo às 21h ou após o encerramento do Plenário. Terça às 22h e reprise de segunda a quinta às 23h30.

facebook twitter youtube

Todas as Edições