TV Câmara

Panorama

Estreia: Invalid date

Panorama - 28 de agosto de 2015

Cartórios e costumes indígenas garantiram as polêmicas da semana no plenário da Câmara. No caso dos índios, os deputados aprovaram medidas de combate a práticas tradicionais que causam espanto e indignação, como o infanticídio. No caso dos cartórios, foi aprovada proposta que efetiva, sem concurso, os titulares que estavam à frente do negócio antes da constituição de 88. Nos dois casos, houve muita discussão.

O plenário também aprovou benefícios fiscais para empresas que contratarem seguros de vida com cláusula de cobertura por sobrevivência para os seus empregados. Também foi aprovada a criação de novas varas da Justiça Federal no Rio Grande do Sul, Paraná e Tocantins. Todas essas propostas seguem agora para o Senado.

O plenário também foi palco da comissão geral que ouviu o ministro das Cidades. Gilberto Kassab falou sobre o trabalho à frente do ministério e reforçou a necessidade urgente de alterações no pacto federativo.

Em outra comissão geral, o assunto foi a produção de café. Parlamentares e especialistas debateram o fortalecimento da cadeia produtiva do café - que gera milhões de empregos no país. O Brasil é o maior produtor mundial desse grão.

Já a CPI da Petrobras colocou esta semana frente a frente, em Brasília, o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor de abastecimento da petroleira, Paulo Roberto Costa. Os dois já foram condenados por envolvimento em corrupção na estatal e confirmaram o que haviam dito em depoimentos anteriores: políticos de vários partidos receberam dinheiro de propina paga por fornecedores da estatal. Na próxima segunda-feira, quem vai ser ouvido é o ex-ministro José Dirceu, acusado de participar do esquema. Ele está preso em Curitiba, onde os deputados vão tomar o depoimento dele e de outros 12 presos na Operação Lava-Jato.

Panorama

Revista com os assuntos que movimentaram a semana na Câmara. Informação completa para que o cidadão acompanhe de perto os trabalhos dos deputados durante a semana que passou.

NOSSAS REDES