Palavra Aberta

Parlamentar é contra proposta que autoriza aborto pelo SUS até 12ª semana

O deputado Flavinho (PSB-SP) diz ser "um defensor ferrenho da vida". Em entrevista ao programa Palavra Aberta desta terça-feira (2), ele critica a proposta que autoriza o aborto pelo Sistema Único de Saúde (SUS) até a 12ª semana de gestação. O deputado apresentou um projeto propondo exatamente o oposto. Agora, os dois textos tramitam em conjunto na Câmara. “Foi uma forma regimental para neutralizar o caminho desse outro projeto aqui na casa".

Por convicção religiosa, Flavinho diz ser contra qualquer tipo de interrupção da gravidez, mas reconhece que alguns casos já estão contemplados pela Constituição: "Ainda que seja uma questão de violência, de violação, a criança não tem culpa. Ainda que aquela mãe não queira aquela criança, não é justo matar aquela criança ainda no ventre. Que use os meios legais. Nós temos mais de 30 mil casais esperando na fila da adoção".

Apresentação - Paulo José Cunha

Palavra Aberta

O Palavra Aberta é o espaço em que o parlamentar expõe suas ideias, fala de propostas que tramitam no Congresso Nacional e presta contas de sua atuação como deputado. O programa dá uma ampla visão da diversidade de temas que são tratados no parlamento brasileiro. Este programa dispõe de legenda oculta, na versão exibida na TV Câmara.

Estreia: segunda a sexta, às 7h30 e às 7h45. Reprises: segunda às 12h30 e 12h45, terça a sábado às 13h30 e 13h45, segunda a quinta 20h e 20h15, sexta às 22h30 e 22h45 e domingo às 17h30 e 17h45.

Todas as Edições

Mais conteúdo sobre