Documentários

Baixar

Estreia: 26/12/2014

Restrutural

Apesar de conhecida como capital planejada, Brasília manteve à margem as populações de baixa renda. A Cidade Estrutural é uma consequência dessa marginalização. Localizada a menos de 20 km do centro de Brasília, à beira da Via Estrutural, a cidade surgiu nas proximidades de um lixão que teve início na década de 60 e hoje é tido como o maior da América Latina.

Após quase cinco décadas e mesmo considerada imprópria para habitação, a população local conseguiu que o Estado regularizasse a Estrutural. Hoje a cidade tem mais de 50 mil habitantes e continua com diversos problemas básicos como a falta de escolas e de postos de saúde, transporte precário, dentre outros. O lixão é uma importante fonte de renda para muitas famílias, apesar de também ser uma fonte de contami¬nação do solo, dos mananciais de água e mesmo das pessoas que vivem próximas a ele.

Nesse ambiente vive Dyarley Viana, mulher e negra, 29 anos, proveniente de Redenção no Pará. Ela e sua família encontraram na Estrutural uma nova possibilidade de vida. Trabalhando como catadora, ela conseguiu recursos para pagar seu curso superior em Pedagogia e hoje atua como pedagoga e no Coletivo da Cidade, atendendo a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, cujas mães e pais são catadores de lixo, trabalhadores informais ou profissionais de baixa renda.

O filme pretende convidar à reflexão sobre como experiências de pessoais de superação podem servir à transformação quando utilizadas como ferramentas em contexto de trabalho coletivo e mobilizador.

Ficha Técnica

Direção, Roteiro e Pesquisa: Marcelo Díaz
Produção Executiva: Alisson Machado e Marcelo Díaz
Coordenação de Produção: Alisson Machado e Carol Barboza
Fotografia e Câmera: André Carvalheira
Som Direto: Alisson Machado
Edição e Finalização: Sergio Azevedo

 

Sobre a série A Hora é Agora

Promovido pela Câmara dos Deputados, o edital A Hora é Agora buscou dar visibilidade a iniciativas de organização da sociedade, que visam transformar a realidade e garantir direitos sociais, coletivos e de minorias, alguns deles expressos nos artigos 5º e 6º da Constituição Federal.

Entre 62 projetos inscritos no edital, 14 passaram à segunda fase e participaram do pitching onde defenderam presencialmente suas ideias. Sete foram escolhidas pela Comissão de Seleção. Cada proponente selecionado recebeu da Câmara 70 mil reais para serem usados na produção do programa.

Para minimizar os efeitos da concentração de mercado em São Paulo e no Rio de Janeiro, o edital inovou. Promoveu competições regionais e propôs premiar, pelo menos, uma proposta de cada região do Brasil. Dessa forma, as produtoras do Norte competiram apenas com empresas de sua área geográfica. O edital A Hora é Agora foi a primeira seleção pública de propostas audiovisuais a usar essa lógica, que havia sido recomendada pelo Fórum de TVs Públicas do Brasil.

Documentários

Temas variados são abordados nos documentários produzidos pela TV Câmara, com ênfase naqueles que, de alguma forma, fazem parte da agenda do Congresso Nacional. Política, infraestrutura, meio ambiente, cultura, personalidades e história do país são alguns dos assuntos que podem ser encontrados em nosso acervo.

Estreia: sexta, às 21h30. Reprises: sábado 8h, 15h e 22h30; domingo, 6h30, 12h e 20h e segunda às 19h.

facebook twitter youtube

Todas as Edições