Estreia: 07/02/2011

Quilombolas do Maranhão denunciam ameaças

No dia 30 de outubro de 2010 Flaviano Pinto Neto era assassinado no Maranhão. Líder de uma comunidade quilombola, a Comunidade do Charco, ele foi morto em meio a uma disputa por terras. Outro líder ameaçado veio a Brasília pedir ajuda. Manoel Santana foi recebido pela Secretaria de Igualdade Racial e pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara.

Créditos/ Câmara Hoje:
Manoel Santana Costa - Representante de Comunidade Quilombola
Vera Gomes - Programas para Comunidades Tradicionais da Secretaria da Igualdade Racial
Dep. Domingos Dutra (PT-MA)

Câmara Hoje

Telejornal com a cobertura dos principais acontecimentos do dia na Câmara dos Deputados.

NOSSAS REDES