Participação Popular

Programas da TV Câmara

Estreia: Invalid date

O não-reconhecimento da paternidade é o tema do Participação Popular

Uma em cada quatro crianças brasileiras não tem o nome do pai no registro de nascimento. De acordo com dados divulgados pela Universidade de Brasília, do total de 25 milhões de crianças nascidas entre 2000 e 2006, 6 milhões, ou seja, 25% não têm documentada a origem paterna. Comparado com países desenvolvidos como a França, onde a taxa é de apenas 2%, o percentual brasileiro de registros sem o nome paterno chega a ser 12 vezes maior.

Existe por isso uma grande preocupação com os direitos dessas crianças, tanto o de ter a presença e o carinho de um pai, quanto o de ter recursos materiais como uma pensão alimentícia. O não-reconhecimento da paternidade é o tema do Participação Popular, que conta com a presença do deputado Régis de Oliveira (PSC-SP), autor de um projeto sobre alienação parental, e o deputado Lindomar Garçon (PV-RO), que tem um projeto para permitir exame de DNA gratuito na rede de saúde pública. Além deles, participam representantes das mães e especialistas das áreas judicial, social e psicológica.

Convidados:

Dep.Régis de Oliveira(PSC0-SP)e Dep.Lindomar Garçon(PV-RO)

Lindomar Garçon (PV/RO),

Participação Popular

O que o cidadão comum acha dos temas que o Congresso discute? Um programa de TV reúne, todas as semanas, populares, políticos e especialistas que dão uma visão particular sobre o que movimenta os debates parlamentares. É o Participação Popular, apresentado pelo jornalista Fabricio Rocha, onde erro médico, drogas, trânsito, questões trabalhistas, sexualidade, enfim, tudo pode ser discutido. Este programa dispõe de legenda oculta, na versão exibida na TV Câmara.

Estreia: segunda, às 13h. Reprises: segunda, 22h; quarta, à 1h e às 21h30; sábado, às 16h; domingo, às 10h.

NOSSAS REDES