Rádio Câmara

Samba da Minha Terra

Gerônimo Santana - 70 anos

Gerônimo Santana - 70 anos

18/06/2023 - 12h00

  • Gerônimo Santana - 70 anos - versão em bloco único

  • Gerônimo Santana - 70 anos - Bloco 1

  • Gerônimo Santana - 70 anos - Bloco 2

O cantor, compositor e multi-instrumentista baiano Gerônimo Santana completa 70 anos em junho e ganha uma edição inteira de Samba da Minha Terra. Conheça algumas das influências rítmicas que o fazem transitar com desenvoltura na mistura de samba, ijexá, axé e batuques caribenhos, como o reggae. “É d’Oxum” e “Agradecer e abraçar” são os maiores sucessos de Gerônimo e também ganharam versões cultuadas de Gal Costa, Beth Carvalho, MPB-4, entre outros.

MÚSICAS

É d’Oxum (Gerônimo Santana e Vevê Calasans), com Gerônimo Santana
Agradecer e abraçar (Gerônimo Santana e Vevê Calasans), com Gerônimo Santana
S’apelle Abaeté (Gerônimo Santana, Carlinhos Brown e Pintado do Bongô), com Gerônimo Santana
Tributo a Bob Marley (Gerônimo Santana, Mug e Rubens Confeti), com Gerônimo Santana
A sede quem mata é você (Gerônimo Santana), idem
I want you, Bahia (Gerônimo Santana), idem
Agradecer e abraçar (Gerônimo Santana e Vevê Calasans), com Beth Carvalho
Ponha um arco-íris na sua moringa (Paulo Diniz), com Gerônimo Santana
Maracangalha (Dorival Caymmi), com Gerônimo Santana
Eu sou negão (Gerônimo Santana), com Gerônimo Santana e Moraes Moreira
O meu amor chorou (Paulo Diniz), com Gerônimo Santana
Minha reza (Gerônimo Santana), idem
É proibido amar (Gerônimo Santana), idem
É d’Oxum (Gerônimo Santana e Vevê Calasans), com Gal Costa
Pastores do mar (Gerônimo Santana), idem
Mameto Kalunga (Gerônimo Santana), idem

TRECHOS
Vem me conhecer (Gerônimo Santana), idem
Cigano Colomy (Gerônimo Santana e Dito), com Gerônimo Santana
Colombina (Gerônimo Santana, Armando Sá e Miguel Brito), com Gerônimo Santana
É d’Oxum (Gerônimo Santana e Vevê Calasans), com MPB-4
Menino do Pelô (Gerônimo Santana), idem

Sonoplastia - Tony Ribeiro
Apresentação e pesquisa - José Carlos Oliveira

Acompanhe a riqueza poética e melódica do ritmo mais popular do Brasil. Quadros especiais destacam as letras mais requintadas, inovadoras ou significativas, as entrevistas históricas e os espaços dedicados ao samba em todo o país.

Domingo, às 12h, e quinta, à 0h

TODAS AS EDIÇÕES