Rádio Câmara

Salão Verde

COP-27 e Reviravolta na política ambiental brasileira

COP-27 e Reviravolta na política ambiental brasileira

07/11/2022 - 12h00

  • COP-27 e Reviravolta na política ambiental brasileira

Salão Verde repercute as diretrizes ambientais do futuro governo Lula anunciadas pelo próprio presidente eleito às vésperas da COP-27, a conferência da ONU sobre mudanças climáticas no Egito. A reviravolta na política ambiental brasileira envolve retomada do protagonismo internacional do país, monitoramento de todos os biomas, desmatamento zero na Amazônia, investimento em economia verde digital e parcerias com entidades socioambientais. Lula também citou a possível criação do Ministério dos Povos Originários para fazer frente às sucessivas ameaças aos indígenas. A guinada política foi muito bem recebida por entidades socioambientais. A expectativa também é positiva na COP-27, onde cerca de 190 países buscam acordo em torno de ações concretas para a redução do aquecimento global e o enfrentamento das catástrofes climáticas. Outro efeito imediato vem da Noruega, principal investidora do Fundo Amazônia, disposta a retomar os projetos de preservação ambiental e de desenvolvimento sustentável no bioma.

Pontos de vista nesta edição: Luiz Inácio Lula da Silva, presidente eleito; Mário Mantovani, representante da sociedade civil na Frente Parlamentar Ambientalista; Suely Araújo, especialista sênior em políticas públicas do Observatório do Clima; Marina Silva (Rede-SP), deputada eleita e ex-ministra do Meio Ambiente; e deputado reeleito Zé Silva (Solidariedade-MG), integrante da Frente Parlamentar Ambientalista e dirigente da Frente Parlamentar da Agropecuária.

Produção - Lucélia Cristina
Edição e apresentação - José Carlos Oliveira

Semanalmente, o programa traz conteúdo variado de entrevistas, matérias especiais e debates que aprofundam temas sobre a sustentabilidade no Brasil e no mundo. Quadros especiais destacam dicas para um meio ambiente equilibrado e novidades científicas sobre a dinâmica do planeta e da natureza.

Em 4 horários: segunda, 12h; terça, 6h; sexta, 12h; e domingo, 10h.