Rádio Câmara

Memória do Rock

Estreias de 1970

Estreias de 1970

18/09/2021 - 18h00

  • Memória do Rock - Edição 270 - Estreias de 1970 (Versão em bloco único)

  • Memória do Rock - Edição 270 - Estreias de 1970 (Bloco 1)

  • Memória do Rock - Edição 270 - Estreias de 1970 (Bloco 2)

  • Memória do Rock - Edição 270 - Estreias de 1970 (Bloco 3)

1970 marca o fim dos Beatles. Mas a série que Memória do Rock vem trazendo há várias edições fala sobre o que vem de novo em cada ano do período clássico do rock. E 1970, então, revelou o Black Sabbath (foto), consolidando o heavy metal como uma das forças musicais da década que estava para começar. Junto, vieram também o hard rock de Badfinger e Mountain; o progressivo de Focus, Emerson, Lake & Palmer, Gentle Giant e Supertramp; a mistura dos dois gêneros com Wishbone Ash e Uriah Heep; as carreiras solos com apelo comercial dos ex-Beatles e ainda, também em carreira solo, o primeiro álbum de Eric Clapton.

 

Black Sabbath - Evil woman (Larry Weigand, Dick Weigand, David Wagner)

Badfinger - No matter what (Pete Ham)

J. Geils Band - First I look at the purse (Robert Rogers, Smokey Robinson)

Mountain - For Yasgur's farm (Gail Collins, George Gardos, Corky Laing, Feliz Pappalardi, David Rea, Gary Ship)

Wishbone Ash - Blind eye (Martin Turner, Ted Turner, Steve Upton, Andy Powell)

Uriah Heep - Gypsy (Mick Box, David Byron)

 

Focus – Black beauty (Thjis van Leer, Hans Cleuver)

Emerson, Lake & Palmer - Lucky man (Greg Lake)

Gentle Giant - Isn’t it quiet and cold (Phil Shulman)

Supertramp – Surely (reprise) (Rick Davies, Roger Hodgson, Richard Palmer)

 

George Harrison – What is life (George Harrison)

Paul McCartney – Junk (Paul McCartney)

Lindisfarne - We can swing together (Alan Hull)

Eric Clapton - Let it rain (Eric Clapton, Delaney Bramlett)

 

Pesquisa, texto e apresentação - Marcio Achilles Sardi

Trabalhos técnicos - Marinho Magalhães

Memória do Rock apresenta grandes nomes do rock internacional e também artistas desconhecidos ou esquecidos do público brasileiro.

Sábado, às 18h, e sexta, à 0h