Rádio Câmara

Samba da Minha Terra

Carnaval adiado

Carnaval adiado

31/01/2021 - 12h00

  • Carnaval adiado - versão em bloco único

  • Carnaval adiado - Bloco 1

  • Carnaval adiado - Bloco 2

Neste ano, não tem carnaval em fevereiro. Todas as atenções estão voltadas para a prevenção da covid-19, a proteção diante do coronavírus e a reverência ao trabalho heroico dos profissionais de saúde e dos cientistas que elaboraram vacinas em tempo recorde. Samba da Minha Terra relembra outros momentos de crise – regional, nacional ou mundial – que se refletiram nas festas de momo. Nem mesmo a pandemia de gripe espanhola (1918/20) e as duas guerras mundiais (1914/18 e 1939/45) paralisaram o carnaval brasileiro. Houve dois adiamentos oficiais (1892 e 1912) não respeitados pelos foliões. Mais recentemente, já ocorreram desfiles em meio a algumas tragédias provocadas por enchentes. Mas a atual pandemia impõe níveis maiores de responsabilidade, sensibilidade e humanidade. O quadro “poesia do samba” traz alguns nomes por trás dos números estratosféricos de vítimas da covid-19.

MÚSICAS

Rio 42 (Chico Buarque), idem
Quando o carnaval chegar (Chico Buarque), idem
Sonho de um carnaval (Chico Buarque), com Gilberto Gil
Tristeza no carnaval (Silas de Oliveira), com Jorginho do Império
Carnaval de guerra (Nilson e Alvaiade), Portela 1943
Praça 11 (Herivelto Martins e Grande Otelo), com Castro Barbosa e Trio de Ouro
Cadê meu carnaval (Geraldo Azevedo), idem
Se o carnaval acabar (Elton Medeiros, Hermínio Bello de Carvalho e Mauro Duarte), com Dóris Monteiro
Alô, fevereiro (Sidney Miller), com Roberta Sá
Frevo n° 1 do Recife (Antônio Maria), com Maria Bethânia
Vila Esperança (Adoniran Barbosa), idem
Evocação n° 1 (Nelson Freire), com Antônio Nóbrega
Inumeráveis (Bráulio Bessa e Chico César), com Chico César
Pico (Chico César), idem
Carnaval de rua (Tomaz Miranda e Manuela Trindade), com Tomaz Miranda
O último bloco (Candeia), com Clara Nunes
Um carnaval na primavera (Heitor dos Prazeres), com Os Pequenos Cantores da Guanabara

Sonoplastia - Tony Ribeiro
​​​​​​​Apresentação e pesquisa - José Carlos Oliveira

Acompanhe a riqueza poética e melódica do ritmo mais popular do Brasil. Quadros especiais destacam as letras mais requintadas, inovadoras ou significativas, as entrevistas históricas e os espaços dedicados ao samba em todo o país.

Domingo, às 12h, e quinta, à 0h