Rádio Câmara

Trilha das Artes

Miguel Pincerno faz crítica à ideologia da fé em "Religião e outras insanidades"

Miguel Pincerno faz crítica à ideologia da fé em "Religião e outras insanidades"

05/12/2020 - 19h00

Aos 27 anos, o paulista Miguel Pincerno estreia na literatura com um livro de contos permeados de imprevistos, muitas vezes perversos, causando um terror psicológico que leva o leitor a refletir sobre uma realidade determinada por crenças. Publicado pela Editora Oficina Raquel [RJ], Religião e outras insanidades  fisga o leitor com o seu estilo inquietante, misterioso e proporciona um mergulho nas prisões ideológicas da fé, apresentando personagens e contextos que soam familiares a todos nós.

Construídas, por vezes, com ironia, as histórias fictícias também trazem a provocação sobre como as religiões e as estruturas de poder provocam comportamentos disfuncionais em nossas relações.

Miguel Pincerno é  formado em Comunicação Social pela USP e atualmente trabalha na Google, desenvolvendo histórias para marcas. O livro chega em um momento em que se discute a forte influência da religião na política e nas relações interpessoais.

Para a trilha musical, ele traz clássicos da MPB, como Asa Branca (Luiz Gonzaga, no instrumental de Hamilton Holanda), Canto de Ossanha (Baden Powell e Vinicius de Moraes, na voz de Martinália), Anunciação (Alceu Valença) e Geni e o Zepelim (Chico Buarque).


Produção e Apresentação André Amaro

  • Miguel Pincerno faz crítica à ideologia da fé em "Religião e outras insanidades" (Bloco único)

O programa mistura música, informação e opinião, além de trazer entrevistas com grandes artistas brasileiros.

Sábado, às 19h, e domingo, às 9h