Rádio Câmara

Esquina do Jazz

A cultura nordestina no piano jazz de Amaro Freitas

A cultura nordestina no piano jazz de Amaro Freitas

30/07/2022 - 22h00

  • A cultura nordestina no piano jazz de Amaro Freitas (Bloco único)

  • A cultura nordestina no piano jazz de Amaro Freitas (Bloco 1)

  • A cultura nordestina no piano jazz de Amaro Freitas (Bloco 2)

O segundo disco de Amaro Freitas, Rasif, lançado em 2018, foi celebrado no mundo do jazz pela originalidade com que o pianista pernambucano aborda temas e ritmos da cultura nordestina. O titulo Rasif vem do árabe, que significa pedra, terreno pavimentado, fazendo alusão à costa marítima do Recife. Esse disco, portanto, é uma homenagem que Amaro Freitas faz a sua cidade natal, traduzindo o frevo, o baião, o maracatu, a ciranda ou o maxixe para a linguagem do jazz.

Influenciado pelo mestre do frevo Capiba, por Moacir Santos, Hermeto e Gismonti, mas também pele coco de Arcoverde e pelas grandes referências internacioais como Monk, Jarrett e Corea, Amaro Freitas conquistou de imediato a crítica e o mercado internacional, ao dar nova vida ao piano jazz. O pianista vem acompanhado de Jean Elton (Contrabaixo) e Hugo Medeiros (Bateria).

FICHA TÉCNICA E FAIXAS DO DISCO AQUI


Produção e Apresentação de Andre Amaro

Uma viagem pela história, pelos estilos e pelas personalidades do jazz, a forma mais universal da música negra

Sábado, às 22h, e quarta, à 0h

MAIS CONTEÚDO SOBRE