Rádio Câmara

Painel Eletrônico

Dep. Marcelo Ramos: entidades que atuam na Amazônia sugerem reforma tributária sustentável para a região

29/07/2020 - 08h00

Documento assinado por entidades que atuam na Amazônia defende a manutenção do modelo da Zona Franca de Manaus, com a diversificação e modernização das atividades, com o objetivo de preservar a região, evitando as pressões para a ampliação das atividades agropecuárias e de mineração. O deputado Marcelo Ramos (PL-AM) acompanhou a entrega do texto ao vice-presidente Hamilton Mourão, que coordena o Conselho Nacional da Amazônia Legal, e explica que atualmente a Zona Franca oferece uma alternativa econômica para a região que represa o desmatamento da floresta.

O parlamentar defende que o modelo econômico da região migre para a biotecnologia, a partir da criação de mecanismos como a destinação de um percentual dos investimentos das empresas para pesquisa e desenvolvimento. Com a inclusão do polo industrial de Manaus nas discussões da reforma tributária, Marcelo Ramos entende que o investimento na região deve se voltar para iniciativas na piscicultura, turismo, produção agroflorestal, mineração responsável e produção naval.

Para Marcelo Ramos, repensar a economia da Região Amazônica pode servir também para recuperar a imagem internacional do Brasil em termos ambientais. O deputado reitera que a floresta preservada tem mais valor econômico e político, não apenas pela possibilidade de sua exploração sustentável, sem desmatamento, mas por outros dois motivos. Primeiro, porque o regime de chuvas que irriga o agronegócio depende essencialmente da floresta amazônica; e depois, porque a Amazônia é o selo de qualidade dos produtos agropecuários brasileiros.

Apresentação – Marcio Achilles Sardi

Acompanhe esse e outros programas da Rádio Câmara pelo Twitter e pelo Facebook

 

Programa ao vivo com reportagens, entrevistas sobre temas relacionados à Câmara dos Deputados, e o que vai ser destaque durante a semana.

De segunda a sexta, às 8h, ao vivo