Rádio Câmara

Aplauso

Maestro Letieres Leite inaugura sonoridade na obra de Bethânia

Maestro Letieres Leite inaugura sonoridade na obra de Bethânia

Estreia: 29/02/2020 - 11h00

Os sons da Bahia e do Rio de Janeiro se irmanam no disco de Maria Bethânia chamado Mangueira, A Menina dos Meus Olhos, tema desta edição do programa Aplauso.
Nesse álbum, a baiana celebra a escola de samba Mangueira - que a homenageou no Carnaval de 2016 com o enredo A Menina dos Olhos de Oyá.
Para retribuir a gentileza, Bethânia selecionou 9 sambas mangueirenses e, com a ajuda do maestro Letieres Leite, acrescentou doses generosas de sonoridade baiana.
O líder da Orkestra Rumpilezz conversa com a jornalista Carmen Delpino sobre o diálogo equilibrado entre atabaques, timbales, cordas e sopros que emprestou sonoridade inédita ao repertório de Maria Bethânia.

A Flor e o Espinho – Alcides Caminha/ Guilherme de Brito/ Nelson Cavaquinho – Maria Bethânia
Mangueira – Assis Valente/ Zequinha Reis – Maria Bethânia
A Mangueira É Lá no Céu – Maurício Tapajós/ Hermínio Bello de Carvalho – Maria Bethânia
Histórias Pra Ninar Gente Grande (samba enredo 2019) - Manu da Cuíca/ Luiz Carlos Máximo/ Deivid Domenico/ Tomaz Miranda/ Mama/ Ronie Oliveira/ Márcio Bola/ Danilo Firmino – Maria Bethânia
A Menina dos Olhos de Oyá (samba enredo 14) – Tantinho/ André Braga/ Guilherme Sá/ Alípio Carmo/ Jansen Carvalho/ Marcos Tulio – Tantinho da Mangueira
Maria Bethânia, A Menina dos Olhos de Oyá (samba enredo 26) – Nelson Sargento/ Gustavo Louzada/ Agenor de Oliveira/ André Karta Marcada – Caetano Veloso e Moreno Veloso
Luz Negra – Nelson Cavaquinho – Maria Bethânia
Sei Lá Mangueira – Paulinho da Viola/ Hermínio Bello de Carvalho – Maria Bethânia
Maria Bethânia, a Menina dos Olhos de Oyá – Alemão do Cavaco/ Almyr/ Cadu/ Lacyr D’Mangueira/ Paulinho Bandolim/ Renan Brandão – Maria Bethânia

 

Sonoplastia: Leandro Gregorine

Produção: Caio Guedes

Direção e apresentação: Carmen Delpino

O programa mescla músicas e entrevistas com artistas que se destacam no cenário cultural brasileiro.

Sábado, às 11h, e terça, à 0h

facebook twitter podcasts apple rss