Painel Eletrônico

Analista comenta história, funcionamento e confiabilidade da urna eletrônica

Publicação: 02/10/2018 - 10:34

  • Analista comenta história, funcionamento e confiabilidade da urna eletrônica

Há 22 anos, nas eleições municipais, cerca de 32 milhões de brasileiros escolheram seus candidatos por meio do voto eletrônico. À época, o sistema informatizado de votação foi implantado em 57 cidades, sendo 26 capitais. Nas eleições gerais de 2000, a urna eletrônica já era uma realidade em todos país.

Neste domingo, 7 de outubro, os mais de 147 milhões de eleitores aptos a votar vão ficar mais uma vez frente a frente com a urna eletrônica.

Hoje, o Painel Eletrônico te convida a fazer uma viagem pela história e funcionamento do maior símbolo do processo eleitoral brasileiro. Para isso, convidou o analista de informática Newton Franklin Almeida, da Diretoria de Inovação e Tecnologia da Informação da Câmara. Ele participou, no Tribunal Superior Eleitoral, do projeto da urna eletrônica.

Na entrevista, Newton Franklin garantiu que as urnas que serão usadas nas eleições são seguras e que a tecnologia brasileira é referência mundial. Segundo ele, nesses 22 anos de criação, a urna eletrônica sofreu uma série de mudanças para garantir a lisura do processo do modelo de votação e dar mais confiabilidade ao sistema. O analista de informática também relembrou que a impressão do voto, testada nas eleições de 1998, foi retirada devido a inúmeros problemas de pane no sistema.

Segundo Newton Almeida, o Brasil é o único país do mundo que abre o sistema de urnas eletrônicas para que hackers tentem quebrar as barreiras de segurança. O intuito dessa iniciativa é que eles mostrem, antes das eleições, onde ainda existem possíveis fragilidades no sistema. Até hoje, nenhuma das equipes, em quatro edições de testagens, conseguiu quebrar o sigilo do voto ou alterar os resultados. Essa confiabilidade, já fez com que o Brasil emprestasse as urnas eletrônicas para eleições na Costa Rica, Equador e Paraguai.

O Brasil, no entanto, não é o único país a usar o sistema, que já está presente também em 32 países, como Suíça, Canadá, Austrália e alguns estados americanos.

Apresentação - Elisabel Ferriche e Edson Junior

Programa ao vivo com reportagens, entrevistas sobre temas relacionados à Câmara dos Deputados, e o que vai ser destaque durante a semana.

De segunda a sexta, às 7h, ao vivo

facebook twitter spotify podcasts apple rss

Todas as Edições