Painel Eletrônico

Dia Nacional de Combate ao Fumo: 200 mil morrem por ano no Brasil em decorrência do tabagismo

Publicação: 29/08/2018 - 12:23

  • Dia Nacional de Combate ao Fumo: 200 mil morrem por ano no Brasil em decorrência do tabagismo

Hoje é o Dia Nacional de Combate ao Fumo. A data foi instituída, em 1986, para colocar luz a um grave problema de saúde pública. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o tabagismo é a principal causa de morte evitável no planeta.

Estima-se, ainda, que 90% das pessoas que desenvolvem câncer de pulmão apresentem como fator responsável o fumo, sendo importante destacar que as chances de cura para essa doença são bastante baixas. No Brasil, estima-se que cerca de 200 mil pessoas morram, todo o ano, em decorrência do fumo.

Para falar sobre o assunto, o Painel Eletrônico convidou a presidente da Comissão de Tabagismo da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, Maria da Penha Uchoa.

Na entrevista, a médica afirmou que o cigarro ainda é um grave problema de saúde pública, embora o número de fumantes tenha caído de 35% para 10% desde 2011, quando foi aprovada a Lei Antifumo, que proíbe fumar em ambientes coletivos, públicos ou privados. Também ajudou na redução do número de fumantes a proibição de propagandas de tabaco nos meios de comunicação e a disseminação de informações de que o fumo mata.

Maria da Penha Uchoa disse, ainda, que o tratamento gratuito para parar de fumar não responde às demandas necessárias, mas que a prevenção custa menos do que o tratamento.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche

Programa ao vivo com reportagens, entrevistas sobre temas relacionados à Câmara dos Deputados, e o que vai ser destaque durante a semana.

De segunda a sexta, às 7h, ao vivo

facebook twitter spotify podcasts apple rss

Todas as Edições