Rádio Câmara

Agenda Cultural

III Fronteira e Bis

Até 25 de março, Goiânia se transforma na capital mundial dos filmes documentários, produzidos nas mais diversas partes do planeta. Neste período, acontecem conjuntamente a terceira edição do Fronteira – Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental e a primeira edição da Bienal Internacional do Cinema Sonoro (BIS). Um tratado de cooperação sobre uma produção cinematográfica contemporânea, que não está nos catálogos das grandes salas de exibição, mas que representa a diversidade e a riqueza do mundo audiovisual. A terceira edição do Fronteira Festival do Filme Documentário e Experimental traz a Goiânia uma mostra dedicada aos filmes da cineasta portuguesa Rita Azevedo Gomes. Uma retrospectiva que contará com exibições de seus principais trabalhos, pela primeira vez no Brasil. Serão 25 sessões do Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental e 25 sessões do BIS, totalizando 50 sessões de filmes e documentários. O Fronteira prevê a realização de cinco mostras principais: a Mostra Competitiva de Longas e a Mostra Competitiva de Curtas, com curadoria; a Mostra Retrospectiva; a Mostra Cineastas na Fronteira; a Mostra Cadmus e o Dragão. As sessões têm custos populares, e o Fronteira organiza venda de pacotes, para reduzir ainda mais esse valor de ingressos. Nestes dez dias, as atividades e mostras acontecem nas duas salas do Cine Ritz, no Cine Cultura e no Centro Cultural da UFG. Confira a programação completa dos eventos nos sites: www.fronteirafestival.com e www.bis.art.br

A Agenda Cultural tem duas características: divulgar os eventos que acontecem em Brasília e falar de cultura em geral. Vai ao ar ao longo da programação, principalmente nas sextas e sábados.

Sexta, sábado, domingo e segunda, ao longo da programação