Papo de Futuro

Com e sem – o mundo tecnológico para o budismo (interprograma)

Publicação: 31/08/2016 - 22:59

  • Com e sem – o mundo tecnológico para o budismo (interprograma)

O budismo não é propriamente uma religião. E uma das razões para isso é que, ao contrário de outras crenças, não há um único livro, uma bíblia dos budistas. Os dogmas, os preceitos, estão expressos em suttas e outros ensinamentos passados há mais de 2.500 anos, de pessoa a pessoa.

Dentro de uma filosofia tão consistente, e extensa, ainda assim, há inúmeras respostas que não são dadas, entre tantos dogmas e dilemas da existência humana.

O monge Ajahn Jayasaro reuniu no livro Within and Without – algo como “Dentro e Fora” – vários ensinamentos sobre o que é o budismo. Por exemplo, por que os budistas não se consideram religiosos, por que eles vivem sem julgamentos, como é a rotina de um monge e por que é necessário raspar a cabeça.

E uma das lições de Ajahn Jayasaro é, exatamente, sobre o nosso novo tempo. Diz ele:

“O mundo tecnológico incita-nos ao seu consumo
As máquinas poupam tempo, permitindo-nos desperdiça-lo mais facilmente
Os parelhos de comunicação dão azo a mais discussões
neste confuso e complexo mundo
Agora, mais do que nunca, necessitamos estar conscientes, contidos,
e compreender as coisas tal como são”

Eu sou a Beth Veloso e este é o Papo de Futuro. Mande sua reflexão para a gente: papodefuturo@camara.leg.br.

Coluna semanal sobre as novas tendências e desafios na comunicação no Brasil e no mundo, da telefonia até a internet, e como isso pode mudar a sua vida.

facebook twitter rss