Rádio Câmara

Minuto da Economia

Senacon questiona ANS sobre diferenciação entre planos de saúde

  • Senacon questiona ANS sobre diferenciação entre planos de saúde

 A Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça recomendou à Agência Nacional de Saúde Suplementar que modifique normas que permitem tratamento diferenciado entre planos coletivos e individuais.

O principal ponto é o reajuste dos planos. Os planos coletivos, que concentram 80% do total dos clientes, são livres para a correção de preços.

Nos planos coletivos, também é permitida a rescisão unilateral do contrato. Segundo a Senacon, estes pontos prejudicam o consumidor.

A ANS justifica a diferenciação, alegando que nos planos coletivos os usuários, que seriam empresas de grande porte, teriam maior poder de barganha. Ocorre que houve um desinteresse em oferecer planos individuais e os usuários vêm sendo agrupados para aderirem a planos coletivos.

Apresentação - Silvia Mugnatto

Em um minuto, dicas sobre direitos do consumidor, pagamento de impostos e investimentos.

Diariamente, ao longo da programação

MAIS CONTEÚDO SOBRE