Com a Palavra

Beto Mansur: diferenças partidárias não devem interferir no compromisso com as contas públicas

Publicação: 08/05/2015 - 11:58

  • Beto Mansur: diferenças partidárias não devem interferir no compromisso com as contas públicas

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse que a aprovação do texto-base da medida provisória que torna mais rigorosas as regras para o seguro-desemprego, o abono salarial e o seguro-defeso vai ajudar o país a recuperar o equilíbrio fiscal.

O comentário do ministro foi feito em seminário realizado nesta quinta-feira (7), no Tribunal de Contas da União (TCU):

“Ainda há muito a fazer para melhorar. Vai aumentar a transparência das contas públicas. Uma delas, que foi, ontem, aprovado o texto geral na Câmara dos Deputados... uma das medidas que consta da Medida Provisória 665 é, justamente, colocar os programas do FAT, o Fundo de Amparo ao Trabalhador, banco salarial, seguro-desemprego, seguro-defeso, no Portal da Transparência, aumentando ainda mais a informação, possibilitando um melhor cruzamento de dados e é um trabalho contínuo essa melhora da execução da política fiscal.”

Um dos principais pontos do texto aprovado na Câmara amplia o tempo de serviço necessário para que o trabalhador tenha direito ao seguro-desemprego.

O primeiro-secretário da Câmara, deputado Beto Mansur, do PRB de São Paulo, afirmou, no seminário, que o Poder Legislativo está comprometido com a necessidade de ajuste fiscal:

“O Congresso Nacional tem a sua responsabilidade de acompanhar as questões que envolvem o dia a dia do Brasil. Se cometeu os erros ou os acertos do passado, isso não importa. O que importa é que, hoje, independentemente de ser situação ou oposição, nós temos um compromisso com as contas públicas.”

O deputado Beto Mansur e o ministro da Fazenda participaram do seminário, realizado no Tribunal de Contas da União, que comemorou os 15 anos da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Apresentação – Elisabel Ferriche e Márcio Salema

Programa ao vivo com reportagens, entrevistas sobre temas relacionados à Câmara dos Deputados, e o que vai ser destaque durante a semana.

facebook twitter rss

Todas as Edições