Com a Palavra

Especialista não descarta possibilidade de racionamento de energia em 2015

Publicação: 14/01/2015 - 09:46

  • Especialista não descarta possibilidade de racionamento de energia em 2015

Acervo/Câmara dos Deputados
Energia - Elétrica - conta de luz consumidor
Novo aumento da tarifa de energia elétrica pode pesar no bolso dos brasileiros

O setor elétrico vai deixar de receber R$ 9 bilhões do Tesouro Nacional, que seriam injetados, em 2015, na Conta de Desenvolvimento Energético, fundo setorial que arca com os subsídios e programas sociais.

Com o recuo do governo, que está alinhado aos ajustes das contas públicas e à retomada do crescimento do país, o consumidor brasileiro voltará a custear parte desses subsídios, bancados pelo Tesouro, por meio de uma conta de luz mais cara.

A redução de subsídios na tarifa de energia poderá gerar aumentos maiores aos praticados no ano passado, quando foram reajustados em até 30%.

Para discutir o impacto dessas medidas na economia do país e no bolso do brasileiro, o Com a Palavra... entrevistou o diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura, Adriano Pires. Segundo ele, a crise no setor elétrico começou em 2012, com a edição da Medida Provisória que reduziu as tarifas de energia, e agravou-se com a falta de chuvas e o esvaziamento dos reservatórios, além do atraso em obras importantes para a geração e transmissão de energia. Diante dessa realidade, o especialista não descarta, inclusive, a possibilidade de um racionamento de energia em 2015.

Na entrevista, Adriano Pires também comenta a crise da Petrobras.

Apresentação – Lincoln Macário e André Giusti

Programa ao vivo com reportagens, entrevistas sobre temas relacionados à Câmara dos Deputados, e o que vai ser destaque durante a semana.

facebook twitter rss

Todas as Edições