Rádio Câmara

Conversa sobre Política

Eleições nos jornais e TVs do país

  • Eleições nos jornais e TVs do país (bloco 1)

  • Eleições nos jornais e TVs do país (bloco 2)

Um grupo de pesquisadores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro analisa, desde o início do ano, a cobertura das eleições de 2014 na grande mídia, especificadamente nos jornais Folha de S. Paulo, O Globo e Estado de S. Paulo, e no Jornal Nacional da TV Globo. Os dados colhidos nesse levantamento espantam os pesquisadores pelo desequilíbrio entre informações positivas e negativas dos candidatos, em veículos que supostamente têm o dever de ser imparciais, mas isso não acontece. O coordenador da pesquisa chega a dizer que os jornais, revistas e televisão agem como um partido de oposição. O Manchetômetro, como é chamada a pesquisa, chegou a dados preocupantes: um dos candidatos a presidente nestas eleições recebeu muito menos cobertura positiva do que os adversários. Por que isso ocorre? Qual a consequência dessa cobertura jornalística? Como o eleitor se informou com imparcialidade? A entrevista é com João Feres Junior, cientista político, professor do IESP/UERJ e da UNIRIO e coordenador do Manchetômetro.

Apresentação: Juliano Pires

O universo da política sob a ótica de especialistas em entrevistas semanais.

MAIS CONTEÚDO SOBRE