Com a Palavra

Especialista diz que suposta associação de "black blocs" com PCC é preocupante

Publicação: 03/06/2014 - 10:08

  • Especialista diz que suposta associação de "black blocs" com PCC é preocupante

 Os “black blocs” prometem transformar a Copa do Mundo num "caos". Líderes dos manifestantes, que usam de violência para protestar, esperam a ajuda do Primeiro Comando da Capital (PCC), organização que domina os presídios paulistas.

A ideia é de que os criminosos entrem em campo para tocar o terror durante o mundial. A intenção foi divulgada pelo jornal o Estado de São Paulo, no fim de semana. Em seis encontros, o jornal ouviu 16 black blocs, com o compromisso de não identificá-los.

Fernando Frazão/Agência Brasil
Esporte - Copa 2014 - protesto Copa black blocs máscara
Protesto contra a Copa 2014

O ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, reagiu e afirmou que é inadmissível o envolvimento de pessoas com o crime para fazer reivindicações. Quem fala sobre o tema é o especialista e pesquisador em segurança pública, Nelson Gonçalves.

Para o especialista, a suposta associação de "black blocs" com o PCC é preocupante. Na opinião dele, isso configuraria uma vinculação criminosa. Sobre a violência no Brasil, Nelson Gonçalves afirma que o País não é tão pacífico como se imagina e os números demonstram isso. Ele informa que são registrados mais de 50.000 homicídios por ano. "O vandalismo é a manifestação de uma violência latente", aponta o especialista.

Apresentação: Lincon Macário e Elisabel Ferriche

Programa ao vivo com reportagens, entrevistas sobre temas relacionados à Câmara dos Deputados, e o que vai ser destaque durante a semana.

facebook twitter rss

Todas as Edições